O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Criciúma aprovou o projeto Meninas Carvoeiras. Com isso, a Associação Desportiva Pé Na Bola Cabeça na Escola, que representa o futsal e futebol feminino de Criciúma, está apta a buscar recursos no município por meio do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) por dois anos.

A captação de recursos auxiliará na expansão da modalidade em Criciúma, com a abertura de escolinhas de futebol e futsal no naipe feminino, por meio da contratação de técnicos e materiais esportivos. “É mais uma ferramenta que conseguimos para aumentar ainda mais a prática esportiva na cidade. Temos fortes times e esse projeto além de auxiliar no sentido social poderá revelar novos talentos”, destaca a técnica da Fundação Municipal de Esportes (FME) e presidente da associação, Sabrina Cassol.

O presidente da FME, Marco Antonio Cimolin, explica que para buscar esse tipo de recurso, a entidade deve estar cadastrada no CMDCA e apresenta um projeto voltado à crianças e adolescentes. “Nosso modelo de gestão tem incentivado muito a parceria público-privada e esse formato ajuda ainda mais as modalidades criciumense. O futebol e futsal feminino, por meio de sua associação, têm crescido muito nos últimos anos e essa conquista simboliza uma evolução ainda maior”, comenta.

Interessados em apoiar a Associação Desportiva Pé Na Bola Cabeça na Escola devem entrar em contato com Sabrina, pelo número (48) 99610-9578.

 

Fundo da Infância e da Adolescência (FIA)

A capitação de recursos por meio do FIA é destinada conforme as demandas e as prioridades apuradas pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente. Uma das possibilidades de contribuição é de até 1% do imposto no ato da declaração para pessoa jurídica e 6% para pessoa física.