As três derrotas consecutivas na Série B do Campeonato Catarinense distanciaram o Juventus do sonho de conquistar o acesso nesta temporada. Mas as chances ainda existem, mesmo que remotíssimas.

Para isso, o Tricolor é obrigado a vencer seus quatro jogos derradeiros e torcer por uma série de combinações de resultados.

E o próximo desafio em busca deste objetivo será neste domingo (29). Pela 6ª rodada do returno, o Moleque Travesso visita o Marcílio Dias, às 15h, no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí.

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

A sequência negativa traz um sentimento de frustração para o elenco. E não poderia ser diferente. Após figurar nas primeiras colocações em diferentes momentos, a equipe oscilou em demasia ao longo da competição e viu os líderes abrirem vantagem na tabela.

Com 4 pontos no returno, o time jaraguaense está a nove do líder Marcílio Dias, enquanto no geral, o Juve soma 15 pontos, dez atrás do primeiro dentro do G-4, que é o Metropolitano.

Por outro lado, o grupo tenta tirar forças para se reabilitar o quanto antes na Série B. A missão em Itajaí é complicada, já que o Marinheiro ainda não perdeu no segundo turno (quatro vitórias e um empate) e aparece na ponta.

Mas, ao mesmo tempo, é vista como uma grande chance para equipe iniciar uma recuperação no certame.

“Ficamos tristes por não somar pontos em casa. Mas esse campeonato é rápido e não há tempo para lamentar. Nosso pensamento é lá em cima. Temos um jogo difícil e chances mínimas, mas enquanto tiver vamos lutar. Estamos focados para essa decisão e reverter a nossa situação que só depende de nós”, disse o meia Railson.

CLASSIFICAÇÕES:


ARTILHARIA:

6 gols – Railson
3 gols – Cristian Roque
3 gols – Wendel
1 gol – Silvio Gomes
1 gol – Coutinho


TABELA:

1ª fase