Após a histórica classificação à semifinal do Estadual do ano passado, o Juventus quer continuar consolidando sua ascensão no futebol catarinense.

E um novo passo para esse objetivo pode ser dado na noite desta quarta-feira (28), quando o Moleque Travesso enfrenta o Marcílio Dias, às 19h, no estádio João Marcatto, tendo a chance de repetir o feito de 2020.

No equilibrado jogo de ida das quartas de final, disputado no último fim de semana, o Marinheiro fez valer o fator casa e venceu o Tricolor por 1 a 0, no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí.

O resultado obriga o time jaraguaense a derrotar o adversário logo mais. Como não há disputa por pênaltis nesta temporada, basta uma vitória simples para os comandados de Pingo comemorarem a vaga, seja por um ou mais gols de diferença, já que tiveram melhor campanha na primeira fase.

“O clima é de muita confiança. Após o jogo (em Itajaí), os atletas se reuniram e senti muita firmeza e confiança. Sabemos que é um confronto muito difícil, mas a nossa equipe está preparada. Estamos tranquilos e conscientes que precisamos de muita força e tranquilidade para conquistar essa vaga à semifinal”, afirmou Pingo.

Do outro lado, o Marcílio joga por um empate para voltar a ficar entre os quatro melhores colocados do Campeonato Catarinense depois de 20 anos.

E para superar o rival que faz uma de suas partidas mais importantes das últimas décadas, o volante Tássio destacou a força do Juventus como mandante, uma vez que a equipe ainda não sabe o que é derrota atuando no João Marcatto nesta edição.

“O Marcílio tem muita intensidade, é uma equipe que luta bastante, se entrega e tem suas qualidades individuais. Mas nossa força tem que ser muito maior que isso. Só depende de nós e sabemos que em casa somos muito fortes. Então vamos fazer de tudo para conseguir a classificação”, disse.

O confronto decisivo entre Juventus e Marcílio Dias terá transmissão do futebolcatarinense.tv.

Desfalques, retorno e provável escalação

O técnico Pingo terá apenas os desfalques do lateral-esquerdo Bruno Dip e do atacante Alemão, que já estão há um bom tempo fora do time por lesão.

A boa notícia pode ser a volta do lateral-direito Genilson. Desfalque nos dois jogos anteriores por lesão, o jogador ainda será reavaliado nesta quarta, mas treinou normalmente nos últimos dias e pode virar opção ao treinador, pelo menos, no banco de reservas.

Há também a possibilidade de um esquema ainda mais ofensivo, com a entrada de Giovanni no lugar de Christian.

Porém, a tendência é que Pingo repita a mesma formação do duelo de ida com: Iago Hass; Matheus Claudino, Victor Caetano, Wallison e Cesinha; Tássio, Vini Garcia e Christian; Eric Di Maria, Fabinho e Jô.

Marcílio Dias cheio de desfalques

O Marcílio Dias vem a Jaraguá do Sul repleto de problemas. Desfalques no jogo em Itajaí, o goleiro Belliato e o zagueiro Magrão seguem fora por lesão.

Além deles, o técnico Teco perdeu os laterais-direitos Weriton e Luiz Renan por suspensão, e o lateral-esquerdo Paulinho por contusão. Já o zagueiro Rafael Klein, também machucado, ainda é dúvida.

Assim, o Marinheiro deve iniciar a partida com: Victor Golas; Gustavo Henrique, Luan, Rafael Klein (Matheus Cabral) e Fernando; Meneses, Xavier e Nathan; Franklin, Cachorrão e David Batista.

“A nossa postura será a mesma de todo campeonato. Buscamos sempre marcar na frente, jogar com a posse de bola e fazer movimentações para buscar espaço e criar oportunidades de gol. Temos a vantagem do empate, mas vamos jogar para vencer”, declarou Teco.

Histórico de confrontos

Retrospecto geral

  • Jogos: 73
  • Vitórias do Juventus: 21
  • Vitórias do Marcílio Dias: 29
  • Empates: 23
  • Gols marcados pelo Juventus: 87
  • Gols marcados pelo Marcílio Dias: 110

*Dados de Henrique Porto (Portopédia)


Jogos de volta das quartas de final

Quarta-feira (28)

  • 19h – Juventus × Marcílio Dias (Ida 0×1)
  • 19h – Brusque × Joinville (Ida 2×2)
  • 20h30 – Avaí × Próspera (Ida 1×0)
  • 21h30 – Chapecoense × Hercílio Luz (Ida 0×0)

Artilharia

4 gols – Fabinho
2 gols – Eric Di Maria
2 gols – Alemão
2 gols – Wallinson
2 gols – Jô
1 gol – Giovanni
1 gol – Tássio
1 gol – Deivide
1 gol – Matheus Claudino

Tabela

fase

24/02/21 – Avaí 2×0 Juventus (saiba mais)
20h30, na Ressacada, em Florianópolis (SC)

27/02/21 – Juventus 2×0 Criciúma (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho e Alemão

04/03/21 – Juventus 2×0 Hercílio Luz (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho e Alemão

21/03/21 – Chapecoense 2×0 Juventus (saiba mais)
16h, na Arena Condá, em Chapecó (SC)

25/03/21 – Juventus 3×2 Figueirense (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Giovanni, Tássio e Wallinson

28/03/21 – Brusque 4×0 Juventus (saiba mais)
16h, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

31/03/21 – Juventus 3×2 Joinville (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Eric Di Maria, Wallinson e Fabinho

04/04/21 – Próspera 0×0 Juventus (saiba mais)
16h, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

10/04/21 – Juventus 1×1 Marcílio Dias (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gol: Deivide

18/04/21 – Metropolitano 3×3 Juventus (saiba mais)
16h, no Estádio Hermann Aichinger, em Ibirama (SC)
Gols: Eric Di Maria, Jô e Fabinho

21/04/21 – Juventus 2×1 Concórdia (saiba mais)
21h30, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Matheus Claudino e Jô

Quartas de final

25/04/21 – Marcílio Dias 1×0 Juventus (saiba mais)
19h, no Estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí (SC)

28/04/21 – Juventus × Marcílio Dias
19h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)