Em comunicado feito na tarde desta segunda-feira (27), o técnico Fio anunciou que não irá renovar seu contrato com o Jaraguá Futsal para 2018. Contratado no início da temporada junto ao Araquari, o treinador que teve passagem marcante pelo aurinegro como jogador entre 2003 e 2008 optou por cuidar de questões familiares e se despedirá do clube, assim que encerrar a campanha no Campeonato Catarinense. Volmir Lima dos Santos, mais conhecido como Fio, pendurou as chuteiras no ano de 2009 e iniciou sua carreira de técnico pela equipe sub-20 do próprio time jaraugaense, passando depois pelo futsal feminino e times profissionais de Itajaí e Araquari. Ele chegou ao Jaraguá no início de fevereiro para esta que foi sua primeira grande oportunidade em um clube de ponta do país. Até o momento, foram 42 jogos no comando da equipe entre Liga Nacional, Estadual e Jogos Abertos de Santa Catarina, somando 21 vitórias, 12 empates e 9 derrotas – aproveitamento de 59,52%. Na Liga, o técnico levou o aurinegro até a 5ª posição geral na primeira fase, sendo eliminado nas oitavas de final para os paranaenses do Marreco. Já no JASC, a trajetória foi interrompida nas quartas de final, quando acabou perdendo para o rival Joinville, mesmo adversário da semifinal do Catarinense, que acontece nos dias 5 e 9 de dezembro. No Estadual, Fio ainda deixou o Jaraguá com a segunda melhor campanha da fase classificatória, atrás apenas do Concórdia. Com a saída de Fio, a diretoria do Jaraguá deve apresentar o novo treinador no fim do Campeonato Catarinense. Confira a mensagem de despedida de Fio: “SAUDADE, sentimento melancólico devido ao afastamento de uma pessoa, uma coisa ou um lugar, ou à ausência de experiências prazerosas já vividas…Este é o sentimento que me atormenta no dia de hoje. O ano de 2017 foi muito intenso, trabalho árduo, dedicado aos meus atletas e alunos, alegrias, amizades, conquistas… Tudo muito forte e muito prazeroso, mas a SAUDADE, falou mais alto e sucumbi… Preciso estar próximo a minha família, dar o suporte necessário ao meu filho adolescente e apoiar quem sempre esteve ao meu lado. A SAUDADE não permitirá que eu dê continuidade a um dos projetos que mais acredito dentro do futsal nacional, nem a minha paixão de conviver com crianças e adolescentes incríveis. Hoje, com muita tristeza pedi meu desligamento do Futsal Jaraguá e do Colégio Marista São Luís, apesar do esforço de ambas as diretorias de me manter na cidade, inúmeras conversas, propostas, infindáveis ligações, mostrando que a direção do Jaraguá Futsal acreditou no meu trabalho e acredita em uma parceria ainda melhor para 2018 e apesar de eu realmente acreditar que este é o meu lugar, a SAUDADE me venceu. Jaraguá ficará para sempre em minhas melhores lembranças, minhas maiores conquistas, meus grandes amigos, minha família que deixo pra trás… Cumprirei minhas tarefas até o final do ano e espero me despedir de Jaraguá dando mais um título a esta cidade que me acolheu de forma tão especial. Obrigado Jaraguá, mais uma vez sei que sentirei SAUDADES”