Às vésperas de disputar as Olimpíadas de Tóquio, Fernando Reis, do levantamento de peso, foi flagrado no exame antidoping e suspenso provisoriamente pela Confederação Brasileira da modalidade.

Um dos favoritos a conquistar medalha nos Jogos, o atleta testou positivo para o Hormônio do Crescimento, em exame feito no dia 11 de junho.

Ele embarcaria para o Japão na próxima semana e deveria competir no dia 4 de agosto, na categoria acima de 109kg. Porém, o doping fez o Comitê Olímpico do Brasil cortá-lo da delegação brasileira.

Fernando é atual tricampeão dos Jogos Pan-Americanos, foi quinto colocado nas Olimpíadas do Rio e bronze no Mundial de 2018.

“O que eu posso dizer é que ele é um dos atletas mais testados do mundo. Só nos últimos meses, ele fez mais de dez exames, todos sem problema nenhum. Então, será esclarecido que ele não utilizou nenhuma substância proibida. Não nos manifestaremos mais sobre esse caso até o fim do julgamento de modo a preservar a imagem do atleta. Tomaremos medidas urgentes”, afirmou o advogado do atleta.

Fernando Reis já passou por uma suspensão por doping na carreira. Em 2011, foi flagrado em exame no Campeonato Nacional Universitário, em Shrevport, nos Estados Unidos.

À época, ele testou positivo para a substância metilhexanamina, segundo nota divulgada pela Agência Antidoping Americana (Usada, em inglês).