Para conter a disseminação da Covid-19 durante as Olimpíadas de Tóquio, o Cômite Olimpíco Internacional (COI) adotou uma medida curiosa: 18 mil camas de papelão estão instaladas nos quartos da vila olímpica.

Os móveis foram projetados especificamente para suportar somente uma pessoa. A decisão foi tomada também para evitar que os atletas tenham relações sexuais. O papelão foi o material escolhido, pois é "frágil" e é reciclável, em coerência com o compromisso do Japão de garantir Jogos Olímpicos sustentáveis para o meio ambiente.

Mesmo com essa medida, o COI preferiu prevenir possíveis imprevistos e anunciou que vai distribuir 150 mil camisinhas durante as Olimpíadas. Mas pediram aos atletas que levem os preservativos para casa e não utilizem na vila olímpica.