A procura do Juventus por um novo técnico acabou na última semana, quando o clube anunciou a contratação de Raul Cabral.

O treinador chegou a Jaraguá do Sul na quarta-feira (9) para dar sequência ao planejamento de 2021, em que terá a missão de liderar o Moleque Travesso na Copa Santa Catarina, Campeonato Catarinense e Série D do Brasileiro.

Mas quem é o jovem comandante de 39 anos? Pouco conhecido pela torcida juventina, Cabral conversou com a nossa equipe e destacou o que pretende apresentar nesse mais novo desafio na carreira.

Natural de Tubarão, Raul Cabral diz ter um estilo de jogo definido, com organização e ofensividade, o que promete implementar pelos lados do João Marcatto.

“Gosto de equipes com boa construção, combinada com velocidade nas transições. Sempre compacta e organizada. Pretendo implementar essa filosofia no Juventus. (O torcedor) Pode esperar uma equipe organizada, competitiva e com proposta de jogo bem definida, buscando sempre o gol”, destacou.

Para o desejo na teoria se transformar em sucesso na prática, o treinador já tem o perfil de elenco traçado. “Queremos montar uma equipe forte, rápida, mas principalmente técnica, para que possamos valorizar a construção do jogo e termos uma equipe com futebol moderno”, afirmou.

Foto: Reprodução/TV GE Juventus

As análises levam a crer que o Juventus terá um estilo de jogo semelhante do que foi apresentado pelo técnico Jorginho no último Campeonato Catarinense.

A bagagem e experiência de um para o outro são muito diferentes, mas a vontade de tornar o Tricolor cada vez mais forte se mostram parecidas.

História no futebol

A trajetória de Raul Cabral no futebol profissional começou como atleta, passando por alguns clubes de Santa Catarina.

Quando estava jogando no Guarani de Palhoça, ele começou a faculdade de Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), já com o intuito de virar treinador.

Não deu outra. Após pendurar as chuteiras, iniciou sua nova profissão na base do Figueirense, onde ficou por seis anos.

Entre as categorias menores e profissional, como auxiliar ou técnico principal, ainda passou por Avaí, Grêmio, Tombense, Mirassol e Jataiense.

Foto: Reprodução/TV GE Juventus

Seu último clube foi o Primavera, de Indaiatuba-SP, onde disputou a Copa Paulista, antes de acertar com o Juventus.

“Sem dúvidas o projeto de desenvolvimento do clube chama bastante a atenção, além do calendário cheio em 2021 e o profissionalismo das pessoas que comandam o clube atualmente”, finalizou Raul Cabral.

 

Telegram Jaraguá do Sul