Além da medalha de ouro de Italo Ferreira no surfe e de bronze de Fernando Scheffer na natação, o Brasil teve outros resultados importantes nesta terça-feira (27) nas Olimpíadas de Tóquio.

No vôlei feminino, a seleção venceu a República Dominicana por 3 sets a 2, parciais de 22/25, 25/17, 25/13, 23/25 e 15/12, e segue invicta após dois jogos disputados. O próximo jogo será um duelo de líderes contra a Sérvia neste sábado (31).

As mulheres do futebol também comemoraram vitória. Com muitas reservas, o time bateu a Zâmbia por 1 a 0 e se classificou em segundo lugar do Grupo F – Holanda foi líder. Nas quartas de final, Marta e companhia terão pela frente o Canadá, às 5h desta sexta-feira (30).

Foto: Sam Robles/CBF

Já no tênis de mesa, o dia foi histórico. Hugo Calderano conseguiu uma classificação inédita para o país às quartas de final ao derrotar o sul-coreano Jang Woojin por 4 sets a 3 (11/7, 9/11, 6/11, 11/9, 4/11, 11/5 e 11/6). Na próxima fase, ele pega o alemão Dimitrij Ovtcharov nesta quarta-feira (28), às 9h.

Hugo Calderano | Foto: REUTERS/Luisa Gonzalez

Na natação, a terça também foi de classificações. O quarteto formado por Luiz Altamir, Fernando Scheffer, Murilo Sartori e Breno Correia garantiram vaga na final do 4x200m livre, assim como Guilherme Costa no 800m livre. O revezamento acontece na noite desta terça-feira e Costa volta a nadar na quarta.

Guilherme Costa | Foto: Satiro Sodre/CBDA

Na vela, Martine Grael e Kahena Kunze tiveram duas boas regatas e estão na terceira colocação geral da classe 49er FX feminino, mesma posição de Robert Scheidt na Laser masculina.

Robert Scheidt | Foto: Clive Mason/Getty Images

Por fim, no vôlei de praia, a dupla Ágatha e Duda acabou perdendo para as chinesas Wang/Xia por 2 sets a 0 (21/18 e 21/14) e decidem classificação na próxima quinta-feira (29), às 9h, contra a dupla canadense Bansley/Brandie. Em contrapartida, Evandro e Bruno Schmidt venceram os marroquinos Abicha e Elgraoui por 2 sets a 0, seguem 100% e muito próximo da classificação.

Evandro e Bruno | Foto: Reuters/Pilar Olivares