A derrota de 2x0 para o Atlético-GO na noite desta sexta-feira (27) não só mantém o Figueirense na última colocação da Série B do Campeonato Brasileiro como complica a luta para sair da zona de rebaixamento. Além disso, o time de Florianópolis amarga a série de 16 jogos sem vencer na disputa da competição.

Situação na tabela

Se antes do jogo a distância para o 16° colocado era de dois pontos, ao final desta rodada pode pode ser de cinco. Além do Vila Nova (que venceu o Londrina, no Paraná, por 1x0), Vitória, São Bento e Criciúma (que estão logo acima do Figueira) jogam neste fim de semana e podem ampliar a diferença na tabela.

Figueirense perdeu por 2x0 para o Atlético-GO em Goiânia | Foto Andrey de Oliveira/FFC

Ao menos, dois destes rivais jogam fora de seus domínios. O Vitória vai a São Paulo encarar o líder Bragantino, no domingo (28). E o São Bento vai a Maceió enfrentar o CRB, quarto colocado, na noite deste sábado.

O Criciúma joga no estádio Heriberto Hülse, na manhã deste sábado, contra o Botafogo-SP (quinto colocado), na estreia do técnico Roberto Cavalo.

O jogo

No gramado do estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO), o Figueirense voltou a apresentar suas deficiências e o possibilitou que o Atlético-GO definisse a vitória em poucos minutos.

Jorginho, logo aos três minutos de jogo, após falha de Zé Antônio, e Rodrigo Rodrigues, aos 24 do primeiro tempo, fizeram os gols da vitória do time da casa.

No segundo tempo, Yuri Mamute chegou a marcar aos 22 minutos, mas a arbitragem anulou alegando impedimento no lance.

Figueirense perdeu por 2x0 para o Atlético-GO em Goiânia | Foto Andrey de Oliveira/FFC

Agora, o Furacão se prepara para na próxima rodada enfrentar o Oeste (SP). O confronto está marcado para a próxima sexta-feira (4), às 19h15, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). O Atlético-GO encara o Guarani, em Campinas, na segunda-feira (30), às 20 horas.

Ficha Técnica

Atlético-GO 2 - Maurício Kozlinski; Reginaldo, Oliveira, Gilvan, Nicolas; André Castro, Matheuzinho (Pedro Bambu), Jorginho (Gilsinho); Jairinho (André Luis), Mike, Rodrigo Rodrigues. Técnico: Wagner Lopes.

Figueirense 0 - Matheus Vidotto; Alemão, Pereira, Ruan Renato; Zé Antônio (Victor Guilherme), Patrick, Tony (Héliton), Andrigo, Robertinho; Everton Santos, Gustavo Poffo (Yuri Mamute). Técnico: Márcio Coelho.

Gols – Jorginho, aos três, e Rodrigo Rodrigues, aos 24 minutos do 1º tempo.

Cartões amarelos - Gilvan e Nicolas (A). Ruan Renato (F).

Arbitragem - Adriano Barros Carneiro (CE), auxiliado por Renan Aguiar da Costa (CE) e Eleutério Felipe Marques Júnior (CE).

Público – 3.213.

Renda – R$ 36.636,00.

Local – Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

 

Receba as notícias do OCP pelo WhatsApp: