Dez anos depois, o Juventus volta a entrar em campo pelo Campeonato Catarinense Feminino. Campeão em 2007 numa parceria com o Olympya, o Moleque Travesso estreia na edição 2022 neste sábado (8), contra o Metropolitano, às 15h, no Estádio João Marcatto, com entrada gratuita.

Com passagem pela base e profissional masculino do clube, Eduardo Rodrigues comandará o time jaraguaense, que tem o sonho de chegar à final e conquistar vaga para Série A3 do Campeonato Brasileiro. O próprio Metrô, Criciúma e Pedra Branca são os concorrentes. Outro participante do torneio, o Avaí/Kindermann já tem lugar garantido na Série A1.

Para alcançar os objetivos, o Juve montou um elenco com 23 atletas, sendo 18 oriundas da base e cinco contratadas. A média de idade é de 17 a 23 anos.

“A expectativa da estreia é vencer e se possível fazer um bonito jogo. Nosso time será um time que propõe o jogo, que joga na vertical, em direção ao gol. Acredito que cresceremos muito durante a competição”, disse Eduardo Rodrigues.

Na primeira fase, as cinco equipes inscritas se enfrentam em turno único e as duas melhores colocadas avançam à final, que será com jogos de ida e volta.

“Não vamos entrar na competição pra brincar ou a passeio. Nossa equipe é nova, mas faremos o máximo pra conquistar a vaga ao Brasileiro”, disse a coordenadora técnica Luana Lima.

Tabela de jogos na 1ª fase

– 08/10: Juventus x Metropolitano (15h – Estádio João Marcatto/Jaraguá do Sul)

– 22/10: Criciúma x Juventus (15h – CT Antenor Angeloni/Criciúma)

– 29/10: Juventus x Avaí/Kindermann (15h – Estádio João Marcatto/Jaraguá do Sul)

– 05/11: Pedra Branca x Juventus (15h – Estádio Enseada de Brito/Palhoça)