Favorito desde o primeiro jogo, o Houston Rockets confirmou o porquê é um dos candidatos ao título e venceu o Minnesota Timberwolves por 122 a 104, no Toyota Center. Com o resultado, o time do provável MVP James Harden, fechou a série em 4 a 1 e está classificado às semifinais da Conferência Oeste.

O destaque dos Rockets foi Clint Capela, que com 26 pontos foi o cestinha da partida. Além disso, os 15 rebotes garantiram o duplo-duplo. James Harden, o Barba, fechou a partida com 24 pontos, cinco rebotes e 12 assistências. Eric Gordon também foi importante na vitória, com 19 pontos.

Já o time de Minnessota teve em Karl-Anthony Towns a sua esperança de vitória. Apesar dos seus 23 pontos e 14 rebotes, Towns não evitou o triunfo de Houston, que fez a melhor campanha da temporada regular. Jamal Crawford também colaborou com 20 pontos.

Agora, os Rockets aguardam o seu adversário, que sairá da série entre Oklahoma City Thunder e Utah Jazz.

OKC tira 25 pontos de diferença, vira partida e vence Jazz na Chesapeake Arena

Os torcedores do OKC lotaram a Chesapeake Arena na noite de quarta-feira (25) para empurrar o time, afinal, uma derrota significaria o fim da caminhada da equipe rumo ao título da NBA. E o apoio funcionou, embora o susto tenha sido grande. No final, vitória por 107 a 99.

Com o atual MVP “on fire”, o time de Oklahoma fez história ao virar a partida que chegou a estar perdendo por 25 pontos no terceiro período. Essa foi a quarta maior vitória da história dos playoffs da NBA e um nome teve responsabilidade direta nisso: Russell Westbrook.

O armador do OKC marcou 45 pontos, 15 rebotes e sete assistências, comandando o time na virada que deu fôlego à equipe. Paul George também se destacou com 34 pontos.

No Jazz, o destaque ficou por conta, mais uma vez, do calouro Donovan Mitchell, que anotou 23 pontos.

Agora, a série está em 3 a 2 para o time de Utah e o próximo duelo acontece na sexta-feira (27), às 23h30, horário de Brasília, em Salt Lake City.

Raptors vence e toma a frente na série contra Wizards

Jogando em casa, o Toronto Raptors, dono da segunda melhor campanha na temporada regular, levou um sufoco para vencer o Washington Wizards, mas com o ala-armador DeMar Derozan inspirado, o time canadense conseguiu uma importante vitória, por 108 a 98 e tomando a frente na série.

Embora os 10 pontos de vantagem dêem a impressão de vitória tranquila, o Raptors não teve vida fácil no Air Canada Center. Com um jogo muito duro em que o placar se alternava entre as duas equipes, o time canadense conseguiu abrir vantagem apenas no fim para garantir o triunfo diante de seus torcedores.

Mais uma vez, Derozan comandou o time. Com 32 pontos e cinco assistências, ele foi o nome da partida. Além dele, o reserva Delon Wright contribuiu, especialmente no final da partida, e anotou 18 pontos e cinco rebotes. O banco do time de Toronto é, inclusive, uma de suas principais armas. Com um elenco de muita qualidade, a rotação do time não perde quando os titulares precisam descansar.

Pelo lado de Washington, John Wall e Bradley Beal somaram, juntos, 46 pontos, 13 rebotes e 12 assistências.

Com a vitoria, o Raptors assume a liderança na série com 3 a 2 e vai à capital americana para disputar o sexto jogo nesta sexta-feira (27), às 20h, horário de Brasília.

“Papai LeBron” provoca o caos em Cleveland e garante vitória dos Cavs

Que LeBron James não tem o apelido de “King” à toa, todo mundo já sabe, mas o que “papai Lebron” é capaz de fazer sempre deixa a torcida boquiaberta e, na noite de quarta-feira (25) não foi diferente. Foi das mãos do King que saiu o arremesso de três pontos, a três segundos do fim, com a partida empatada. Resultado: vitória dos Cavs por 98 a 95 contra o Indiana Pacers.

O jogo foi duro para ambas as equipes. Liderado por Victor Oladipo, o Pacers  foi para os vestiários com o placar favorável em 56 a 49. Mas, no segundo tempo, o time de Cleveland, que jogava diante de sua torcida, voltou disposto a resolver o jogo. Em menos de quatro minutos, a vantagem havia trocado de lado.

Apesar disso, o jogo seguiu disputado até o fim e, a menos de 30 segundos do fim da partida, o time de Indiana conseguiu a posse após um turnover cometido por LeBron. Oladipo gastou o relógio, infiltrou e tentou a bandeja, mas o King mostrou porque carrega o apelido dando um toco espetacular no armador dos Pacers. Com a posse de bola, o Cavs não teve dúvidas e acionou seu astro que, restando três segundos, arremessou do perímetro no estouro do cronômetro, anotando a cesta de três e correndo pro abraço.

LeBron, o nome da partida, marcou 44 pontos, 10 rebotes e oito assistências. Kyle Korver contribuiu com 19 pontos e seis rebotes. Pelo lado dos Pacers, Oladipo marcou um duplo-duplo com 12 pontos e 12 rebotes e Domantas Sabonis foi o cestinha do time com 22 pontos.

A vitória dá a liderança ao Cleveland, que faz 3 a 2 e leva a disputa para o sexto jogo, em Indiana. A partida acontece na sexta-feira, às 21h, horário de Brasília.