Se a torcida do Boston ficou apreensiva quando a ausência de sua estrela, Kyrie Irving, foi anunciada para o resto da temporada, o substituto do armador, Terry Rozier, tratou de tranquilizar os corações celtas.

E, na noite de quinta-feira (3), “Scary Terry” teve mais uma atuação monstruosa na vitória do Boston por 108 a 103 sobre o Philadelphia 76ers.

E não foi uma vitória qualquer, o time de Brad Stevens chegou a estar 22 pontos atrás no placar, mas a noite era realmente do Boston. Ao lado de Rozier, o calouro Jason Tatum teve atuação espetacular no levante celta. Se antes da semifinal começar, o time sensação de Philadelphia era considerado favorito sobre uma equipe recheada de desfalques e lesões, a história mudou.

Como foi a partida O Celtics tem mostrado uma superação incrível durante toda a temporada, e nos playoffs, os garotos celtas provam que superação, habilidade e maturidade são características de um grupo até certo ponto desacreditado.

Terry Rozier, que comandou as ações celtas, anotou 20 pontos, sete rebotes e nove assistências. O calouro Jayson Tatum foi fundamental com 21 pontos, duas assistências e dois rebotes. Marcus Smart, que voltou recentemente após lesão colaborou com 19 pontos. Al Horford deixou seus 13 pontos, assim como Jaylen Brown que também retornou ao time. Ele não participou do primeiro jogo após se lesionar na última partida contra os Bucks.

Já pelo lado de Phila, Ben Simmons, alvo constante da torcida celta que não o deixa esquecer a frase “A not a rookie”, não foi, nem de longe, o jogador que deve levar o prêmio de melhor calouro da temporada. No final, a estrela dos Sixers anotou apenas um ponto. Já o companheiro Joel Embiid, anotou 20 pontos, 14 rebotes e cinco assistências.

Com o resultado, o Boston Celtics abre 2 a 0 e agora viaja a Filadelfia onde acontece o jogo 3, no sábado (5), às 18h, com transmissão da ESPN.

Cavs vence no Canadá e abre vantagem sobre Raptors

Dizer que a estrela de LeBron brilhou ou que ele comandou o Cleveland Cavaliers pode soar repetitivo, mas aconteceu mais uma vez. Com atuação gigante do King, os Cavs venceram o Toronto Raptors por 128 a 110, e abriram 2 a 0 na série semifinal.

O jogo aconteceu, mais uma vez, no Air Canada Centre, em plena casa dos Raptors, mas o time da casa não conseguiu segurar LeBron e companhia e perdeu a segunda partida disputada em seus domínios.

A equipe da casa começou bem e até venceu o primeiro período, muito por conta do belo aproveitamento de Kyle Lowry, que terminou a partida com 21 pontos, quatro rebotes e oito assistências. Mas, LeBron estava inspirado e comandou a reação do time de Cleveland. Foram 43 pontos, oito rebotes e 14 assistências. Ao lado dele, Kevin Love se destacou com 31 pontos, 11 rebotes e duas assistências.

Pelo Raptors, além de Lowry, o ala-armador DeMar DeRozan colaborou com 24 pontos e três assistências.

Agora, a série passa a ser disputada na casa dos Cavs. A próxima partida acontece no sábado (5), às 21h30, horário de Brasília, com transmissão da ESPN.