Após quatro jogos, com apenas um gol marcado e a lanterna do Campeonato Catarinense, Dyego Coelho anunciou a sua saída do comando técnico do Metropolitano.

Nesta segunda-feira (22), por meio de um comunicado nas redes sociais, o ex-jogador do Corinthians confirmou o pedido de demissão por entender que era o "momento de partir para outro desafio".

Ele deixa o clube blumenauense com uma campanha de um empate e três derrotas no Estadual, a última delas sofrida no sábado (20), para o Próspera, em Criciúma, por 2 a 0.

Ainda sem um novo técnico definido, o Metrô se prepara para o próximo compromisso, na quarta-feira (24), quando enfrenta o Marcílio Dias, às 16h, no Estádio da Baixada, em Ibirama.

Anúncio oficial da demissão

"Comunico minha saída do comando do Metropolitano nesta segunda-feira. Agradeço ao clube pela oportunidade e confiança neste período, mas entendi que era momento de partir para outro desafio, projetando o que penso ser o ideal para a minha carreira. Saio com a certeza de que dei o meu melhor todos os dias e seguirei na torcida pelo sucesso do projeto e dos amigos que tenho no clube".