Nesta terça-feira (8), a ministra da Olimpíada do Japão, Seiko Hashimoto, afirmou que os Jogos em 2021 precisam ser realizados “a qualquer custo” para o bem dos atletas, mesmo com os possíveis desafios em relação a pandemia do novo coronavírus.

"Todos os envolvidos com os Jogos estão trabalhando juntos para se prepararem, e os atletas também estão fazendo esforços consideráveis para o ano que vem", disse Hashimoto, em coletiva de imprensa.

Autoridades do governo japonês, do governo municipal de Tóquio e do comitê organizador dos Jogos se reuniram pela primeira vez na semana passada para determinar passos para conter a disseminação da Covid-19 no evento.

"Acho que temos que realizar os Jogos a qualquer preço. Quero concentrar todos nossos esforços em medidas contra o novo coronavírus", acrescentou a ministra.

Nesta quarta (9), uma comissão executiva do COI, que em julho passado recebeu novos membros, vai se reunir para analisar os preparativos para a Olimpíada, prevista para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul