Após o Brasil ser confirmado como sede da Copa América, o Ministério da Saúde informou que vai elaborar um protocolo de segurança para a realização da competição no país.

Segundo o ministro Marcelo Queiroga, o protocolo será elaborado em parceria com as autoridades sanitárias dos estados onde ocorrerão os jogos.

“Seguindo as recomendações de vossa excelência [presidente da República], o Ministério da Saúde elaborará, em parceria com as autoridades sanitárias dos estados onde acontecerão os jogos, um protocolo para promover a segurança dos atletas, comissão técnica e quem acompanha a nossa Copa América”, disse Queiroga.

Com início no próximo dia 13 de junho, o torneio foi anunciado oficialmente na terça-feira (1º) pelo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos.

As sedes originais eram Colômbia e Argentina. Os colombianos desistiram devido à grave crise social que tomou conta do país. Posteriormente, o governo argentino também desistiu do evento por causa da piora da pandemia no país.

Fonte: Agência Brasil