Minas bate Praia Clube e conquista o tri da Copa Brasil Feminina na Arena Jaraguá

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Por: Lucas Pavin

08/03/2023 - 10:03 - Atualizada em: 08/03/2023 - 10:05

No clássico mineiro, levou a melhor o time que já tinha título da Copa Brasil de Voleibol. Na noite de terça-feira (7), o Gerdau Minas (MG) venceu o arquirrival Dentil/Praia Clube (MG) por 3 sets a 1 e se sagrou tricampeão da categoria feminina do torneio – as outras conquistas foram em 2019 e 2021.

As parciais foram de 28/26, 25/18, 15/25 e 25/17 no jogo que finalizou a segunda edição do campeonato realizado na Arena Jaraguá – a primeira foi em 2020.

“A CBV, mais uma vez, entrega um evento de grande porte, e um espetáculo de voleibol para todo o país. A parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul foi fundamental para o êxito da competição. Já tínhamos conseguido este sucesso com a Copa Brasil masculina, e agora, na disputa feminina, não foi diferente. O público local abraçou as equipes que vieram aqui e fizeram um grande torneio. Parabéns ao Gerdau Minas pelo título. O ano está só começando e o voleibol brasileiro ainda tem muitas emoções por vir”, declarou o presidente em exercício da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Radamés Lattari.

Enquanto o Minas comemora o tri, o Praia chegou a seis derrotas em finais da Copa Brasil e segue sem título, além de amargar quatro derrotas seguidas para o rival em decisões de títulos nacionais.

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

A oposta Kisy, do Minas, foi a maior pontuadora da final com 25 pontos. A bicampeã olímpica Thaísa também foi peça importante na vitória minastenista com 10 pontos, cinco deles em bloqueios.

“Em momentos decisivos nosso time tem mostrado força, compareceu. É uma história que tem se repetido no Minas, é a força do time, todos juntos. A nossa comissão técnica se dedica bastante, fica até de madrugada montando as marcações e estratégias. Nosso bloqueio funcionou muito graças a este trabalho em conjunto. Estamos colhendo frutos desse trabalho”, avaliou Thaísa.

O título também garante o Minas na Supercopa 2023 e no Campeonato Sul-Americano de Clubes 2024.

SEMIFINAIS – 06.03 – SEGUNDA-FEIRA
Dentil Praia Clube (MG) 3×1 Fluminense (RJ) (23/25, 25/21, 25/21 e 25/21)
Gerdau Minas (MG) x Sesc RJ Flamengo (RJ) (23/25, 25/18, 25/17 e 25/16)

FINAL – 07.03 – TERÇA-FEIRA
Dentil/Praia Clube (MG) 1×3 Gerdau Minas (MG) (26/28, 18/25, 25/15 e 17/25)