Metropolitano e Criciúma fizeram um jogo tecnicamente fraco neste domingo (31), no Estádio do Sesi, em Blumenau. O único gol do confronto surgiu no início do segundo tempo, após uma tremenda falha do zagueiro Café, que errou na saída de jogo e deixou Andrew sozinho para balançar as redes e garantir os três pontos para os carvoeiros.

Beneficiado pela derrota do Tubarão e pelo empate do Hercílio Luz na rodada, o Metrô segue fora da zona de rebaixamento, faltando apenas dois jogos para o término da fase classificatória. Já a vitória recolocou o Criciúma na disputa pelo quarto lugar e pela última vaga para as semifinais do Campeonato Catarinense.

Resumo do jogo

A partida começou sem grandes emoções, com as duas equipes se estudando. O primeiro lance que movimentou a torcida da casa ocorreu aos oito minutos, em uma jogada pela esquerda que terminou com a conclusão para fora do atacante Ari Moura.

O Criciúma respondeu aos 16. Depois de uma cabeçada no primeiro pau, o volante Michel Schmoller conseguiu tirar a bola em cima da linha, e no rebote foi a vez do goleiro Fabian Volpi salvar o Metrô. O jogo seguiu morno até o intervalo.

Os times voltaram para o segundo tempo com mais produção ofensiva. Logo no início, Andrew, pela linha de fundo, e Guilherme Café, em cabeçada no segundo pau, quase abriram o placar. Logo em seguida, os dois jogadores protagonizaram o lance que decidiu a partida. Na saída de bola, o zagueiro Café se enrolou e perdeu a bola para Andrew, que entrou na área sozinho e só teve o trabalho de deslocar Volpi. Foi o segundo gol do atleta na competição.

Incentivado pela torcida, o Metropolitano procurou não se abater com a desvantagem no placar e quase empatou em dois lances. Primeiro, em cabeçada do zagueiro Murilo Henrique, e depois, com um chute forte do atacante Júnior Pirambu, mas a bola subiu demais. Aos 14, o time blumenauense sofreu uma grande perda. Numa bola dividida no meio-campo, o zagueiro Márcio Rosário deu uma entrada com o cotovelo, levou o segundo amarelo e foi mais cedo para o chuveiro. A expulsão esfriou o ímpeto da equipe da casa e permitiu ao Criciúma segurar o resultado com certa facilidade.

Na penúltima rodada, que será realizada na próxima quarta-feira (3), o Metropolitano enfrenta o Tubarão, no Sul do estado, em um jogo de desesperados. Por sua vez, o Criciúma recebe o Joinville, no Estádio Heriberto Hülse. As partidas ocorrem às 21h30.

Classificação

Times                        PG   J    V   SG   GP

1º) Avaí                       33    16    10   22  28

2º) Figueirense        31     16    8    10   19

3º) Chapecoense     28    15    8     4   19

4º) Marcílio Dias      23     16    6     3   15

5º) Criciúma             21     16    6    -2   13

6º) Brusque              20     15   5     3   16

7º) Joinville               20     16   4    -2   16

8º) Metropolitano    13     16    3   -18    11

9º) Hercílio Luz         12     16    2   -9    17

10º) Tubarão              11     16     2   -11    13

Quer receber as notícias no WhatsApp?