Metropolitano e Brusque entram em campo neste domingo (31) pelo Campeonato Catarinense. Embalado pela vitória na última rodada diante do Marcílio Dias, em Itajaí, o Metrô recebe, às 16h, o Criciúma, no Estádio do Sesi, e aposta no apoio de sua torcida para ganhar os três pontos e continuar fora da zona de rebaixamento.

Já o Bruscão tenta se recuperar do revés sofrido para o lanterna Tubarão, mas o desafio não é nada fácil: encarar a Chapecoense, na Arena Condá, às 18h. A equipe do técnico Marcelo Caranhato precisa vencer para retornar ao G-4.

Metropolitano x Criciúma

Para a partida diante do Criciúma, o técnico Isaque Pereira conta com quatro desfalques: Thiago Henrique e Zé Victor, lesionados, e Negueba e Renan Wagner, suspensos por terem recebido o cartão vermelho na rodada passada. A esperança alviverde reside nos atacantes Júnior Pirambu, artilheiro da equipe com cinco gols, e Ari Moura, autor do gol contra o Marcílio Dias, que tenta recuperar o futebol demonstrado em 2018.

Pelo time do Sul do estado, o técnico Gilson Kleina não poderá escalar os volantes Eduardo e Zé Augusto, ambos suspensos. Uma novidade para o confronto pode ser a estreia do recém-contratado atacante Léo Gamalho. Ele chega com a esperança de aumentar a produtividade ofensiva do Criciúma no catarinense – até agora foram somente 12 gols em 15 partidas, segundo pior ataque da competição, à frente apenas do Metropolitano, que tem 11.

Chapecoense x Brusque

Apenas um resultado importa para o Brusque nessa rodada: a vitória. Após o Marcílio Dias bater o Joinville por 1 a 0 neste sábado (30), os três pontos se tornaram obrigatórios para recolocar o time na zona de classificação para a semifinal. Substituído por lesão no último jogo, o volante Ruan deve ser desfalque para a partida no Oeste do estado. Por outro lado, o técnico Marcelo Caranhato pode ter o retorno do meia-atacante Maranhão.

Precisando de um ponto para garantir a vaga para a próxima fase, a Chapecoense apresentou nesta semana Ney Franco como o seu novo treinador. Mesmo assim, a equipe segue com o auxiliar técnico Emerson Cris no comando do banco de reservas. A tendência é que a escalação inicial do confronto da última quarta-feira (27), contra o Criciúma, pela Copa do Brasil, seja repetida.

Quer receber as notícias no WhatsApp?