Materiais adquiridos pela Prefeitura auxiliam atletas joinvilenses

Foto: Prefeitura de Joinville

Por: OCP News Joinville

25/08/2023 - 15:08 - Atualizada em: 25/08/2023 - 15:45

A Secretaria de Esportes (Sesporte) de Joinville realizou, ao longo de 2023, a compra de 25.227 materiais esportivos. O investimento de mais de R$ 1,3 milhão atende a 26 modalidades esportivas. Para algumas delas, os novos equipamentos foram um divisor de águas.

É o caso do goalball, modalidade para atletas com deficiência visual. O esporte é praticado com uma bola especial, com um guizo em seu interior para que os jogadores saibam onde ela está. A Sesporte adquiriu 10 dessas bolas – antes, os treinos eram realizados com apenas uma.

 

 

A coordenadora de Paradesporto da Sesporte, Rosicler Ravache, explica que essa é uma bola importada, fabricada por apenas duas empresas no mundo. “Para nós, é um momento histórico. Poucas cidades no Brasil têm a sua disposição 10 bolas dessas, já que cada uma custa em torno de 300 Euros. Antes, tínhamos apenas uma bola, fruto de doação, que não estava em condições ideias”, conta a coordenadora.

“Quando tínhamos apenas uma bola, trabalhávamos menos a parte tátil, técnica e a troca de posições dentro do jogo. A vinda dessas bolas mudou nossas expectativas, daqui para a frente. Em 2024, queremos participar de um calendário estadual de goalball”, afirma o treinador da equipe de goalball, Bruno Soares.

O goalball é oferecido pela Sesporte, por meio da área de Paradesporto, e conta com 12 alunos inscritos. Os atletas representam a Associação Joinvilense para Integração dos Deficientes Visuais (Ajidevi) e o município. Um deles é Giovanni Richter.

“A dinâmica dos treinos melhorou muito com as novas bolas. O que fazíamos em dois treinos hoje conseguimos desenvolver em um só. Antes, tinha muita fila para praticar. E mais atletas estão vindo, por sentirem-se motivados a vir treinar com o equipamento novo”, elogia Giovanni.

Diferentemente de outras modalidades paralímpicas, o goalball foi desenvolvido exclusivamente para pessoas com deficiência visual. O goalball é um esporte baseado nas percepções tátil e auditiva, por isso, não pode haver barulho no ginásio durante a partida. Em Joinville, os treinos ocorrem na Associação Beneficente dos Empregados da Celesc (Abecelesc).

“É uma parceria muito importante, já que este local garante as condições ideias para a prática desse esporte”, aponta Rosicler.

Ginástica Artística

Outra modalidade da Sesporte que recebeu um grande reforço de equipamentos foi a Ginástica Artística. Disponível por meio do programa Movimenta Joinville, as aulas ocorrem no O Farol e na Escola Municipal Laura Andrade.

Para esta modalidade, foram adquiridos equipamentos como solo, barras, mini trampolins, tatames, colchões e colchonetes. Segundo a treinadora Sandra Aparecida de Jesus Manfredini, havia deficiência desses materiais.

“Antes, por exemplo, era preciso tirar um colchão de um aparelho para colocar em outro. Agora, quando termina o exercício em um aparelho, vai para o próximo e os colchões já estão lá, sem precisar perder tempo. Melhoramos a qualidade do treino. Foi uma grande diferença tanto para as crianças quanto para os professores”, explica a treinadora.