O Brasil está a dois jogos de levar o segundo título consecutivo da Copa América.

Na noite desta sexta-feira (2), a equipe do técnico Tite venceu o Chile por 1 a 0, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e garantiu classificação à semifinal do torneio.

E o triunfo teve o dedo do treinador. No intervalo, Tite tirou Roberto Firmino e colocou Lucas Paquetá em campo.

Logo no primeiro lance, o meia tabelou com Neymar, entrou na área e marcou o único gol do duelo das quartas de final.

Paquetá fez uma bela finalização para marcar | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Pouco depois, Gabriel Jesus recebeu o cartão vermelho direto após acertar com o pé no rosto de Mena.

Com um a mais, os chilenos pressionaram e chegaram a balançar as redes, com Vargas, mas o gol foi anulado por impedimento.

Apesar do sufoco, a seleção brasileira conseguiu segurar a vantagem para ficar com a vaga.

Adversário na semifinal

Com a classificação, o Brasil vai enfrentar na semifinal justamente a mesma seleção que venceu na decisão de 2019, o Peru, que passou pelo Paraguai nos pênaltis.

As seleções, aliás, se enfrentaram na primeira fase, em jogo que os brasileiros golearam por 4 a 0.

O confronto acontece já segunda-feira (5), às 20h, novamente no Nilton Santos. Quem passar, irá ao Maracanã, no dia 10 de julho, para grande final.

Do outro lado, Uruguai x Colômbia e Argentina x Equador jogam neste sábado (3) e decidem os outros dois semifinalistas.