O cinquentenário do Grêmio Esportivo Juventus vai se aproximando e o clube começa apresentar novidades aos torcedores. Dentro de campo, ainda nenhuma. Mas, fora, a diretoria se movimenta para as comemorações de aniversário. No dia 7 de maio, dirigentes e voluntários promovem uma feijoada aos apaixonados pelo Moleque Travesso, a partir das 11h, no Estádio João Marcatto. O custo é de R$ 20 por pessoa.
No dia do evento, também haverá venda de peças alusivas ao clube, dois jogos amistosos, envolvendo times de Jaraguá do Sul e Joinville, além do lançamento do novo programa de sócio torcedor, que será dividido em duas modalidades, a ouro e a prata. Com relação a reforços para a equipe, o torcedor que está preocupado com a montagem do elenco para a disputa da Série B do Catarinense e quer ver o Tricolor na elite em 2017 pode ficar tranquilo, segundo o presidente Jeferson de Oliveira.
De acordo com o mandatário, as conversas com possíveis novos patrocinadores estão adiantadas e podem ser apresentadas até o evento comemorativo.
“Já temos conversas com possíveis patrocinadores que irão nos ajudar muito, mas não podemos abrir agora para não atrapalhar nas negociações. Quem sabe, dia 7 de maio, a gente acaba apresentando, que seria um presente ao torcedor”, disse. “Uma coisa eu tenho certeza. O Juventus vai participar da Série B e esperamos montar um bom elenco para subir. As coisas estão sendo encaminhadas”, completou.
Mudanças na diretoria
Ainda não se sabe quando, mas a diretoria do Juventus passará por mudanças nesta temporada. Por conta das eleições municipais, o presidente Jeferson de Oliveira irá se licenciar do cargo, mas ainda sem data e período de afastamento definidos. “A intenção é me licenciar para fazer minha campanha e não misturar política com o Juventus. Sempre defendi isso. Juventus é Juventus, política é política. Então tenho que me licenciar para trabalhar tranquilo e não correr nenhum risco eleitoral pelo fato de ser presidente do clube. Mas a data da mudança e o período que ficarei afastado ainda não foram definidos ”, destacou Jeferson.
De momento, o único candidato para assumir interinamente a presidência é Sergio Luiz Meldola. Para compor a alta cúpula tricolor serão integrados Agenor Groskags como vice-presidente e diretor de futebol, Claudemir Ruediger, o Foguinho, como diretor financeiro, Luciano João Bensen como diretor de marketing, além de Augusto Pereira e Marcio Correia como diretores de patrimônio. A nova gestão será confirmada em ata através de uma reunião que deve ocorrer na próxima semana. Até lá, outros candidatos podem surgir com a intenção de comandar o Moleque Travesso.