O objetivo foi alcançado e o Joinville garantiu, ainda no domingo, a permanência no NBB para a próxima temporada. Mas, o time queria terminar essa participação com vitória diante da torcida. E assim o fez. Em jogo duro e emocionante, os comandados do técnico George Salles venceram o Campo Mourão por 83 a 81, com direito a prorrogação e tudo.

Embora tenha começado a partida atrás – o Campo Mourão chegou a abrir 15 a 8 no início da partida – o Joinville se encontrou na partida e conseguiu impor o seu ritmo de jogo, comandando a maior parte do primeiro período e vencendo por 19 a 18.

Com muitos erros no ataque, o time da casa deu a chance que o Campo Mourão precisava no segundo período e o time paranaense não desperdiçou, abrindo 10 pontos de vantagem. Após parada para o tempo técnico, a equipe joinvilense conseguiu acertar os erros e diminuiu a vantagem do adversário até que Vezarinho, em bola de três pontos deu novamente a dianteira ao Joinville que assim seguiu até o final do primeiro tempo, quando a equipe da casa foi aos vestiários vencendo por 39 a 38.

O equilíbrio permaneceu durante todo o terceiro período, mas com Pastor inspirado – o pivô chegou ao double-double com 16 pontos e 10 rebotes – o time paranaense garantiu a vitória no período e a frente no placar, 59 a 57 para o Campo Mourão.

O que era para ser os últimos 10 minutos do Joinville no NBB 10 se transformou em uma disputa acirradíssima. Ninguém queria encerrar a participação com derrota e as duas equipes mostraram isso. Restando poucos segundos para terminar a partida, Stocks foi para a linha do lance livre, acertou uma das cobranças e deixou a equipe joinvilense três pontos na frente, restando três segundos de jogo. O Campo Mourão foi para o tudo o nada e conseguiu o empate em uma bela bola de três pontos no estouro do cronômetro.

Se a partida já estava disputada no tempo regulamentar, na prorrogação não foi diferente. Nenhuma das duas equipes conseguia se distanciar no placar e a vitória joinvilense foi decretada quando, novamente a três segundos do fim, o Joinville foi para a linha de lance livre. Desta vez, com Vezarinho, que converteu as duas cobranças e sacramentou a vitória dos donos da casa.

O americano Stocks foi novamente o destaque joinvilense. O armador anotou 21 pontos, sete rebotes, seis assistências e parece que garantiu os melhores números no quesito roubada de bola. Só nesta partida foram cinco.

Pelo lado paranaense, Brown foi um dos destaques com 24 pontos – sendo também o cestinha da partida –, oito assistências e quatro rebotes.

Com a vitória, o Joinville encerra a participação no NBB e o time deve entrar em férias enquanto os bastidores trabalham por renovações, contratações e para organizar a casa para as competições estaduais, que acontecem no segundo semestre.