A inspiração de Bruninho Iacovino foi o diferencial mais uma vez no jogo do JEC/Krona pela Libertadores de Futsal. O último jogo da fase de grupos definiria o primeiro colocado e, para o Tricolor, bastava um empate contra o atual vice-campeão, Cerro Porteño. A equipe de Vander Iacovino fez o que tinha que fazer e o 2 a 2 garantiu a ponta do grupo. O jogo começou equilibrado e, embora o time paraguaio tomasse mais a iniciativa, quem balançou a rede foi o Joinville com ele, que vem marcando em todos os jogos dessa Libertadores, Bruninho Iacovino. Sem dar chance para o Cerro, o mesmo Bruninho ampliou em cobrança de falta. Mas, a reação do Cerro Porteño começou ainda no primeiro tempo, com um chute forte de Salaz. Na segunda etapa os paraguaios tinham que virar a partida para assumir a ponta, mas o equilíbrio persistiu e as chances apareceram para os dois lados, obrigando os goleiros João Paulo e Espindola a trabalharem. Quando restavam apenas sete segundos no cronômetro, o time paraguaio igualou o placar com Salaz. O resultado é favorável ao Joinville que manteve a primeira colocação, com sete pontos. O Tricolor volta à quadra na quinta-feira, às 16h, pelas quartas de final.