Dominado. O Basquete Joinville não teve qualquer chance de interromper a sequência de derrotas na noite de quinta-feira (24), quando recebeu o Flamengo no Centreventos Cau Hansen. Sem conseguir manter o bom primeiro quarto de jogo, a equipe da casa foi completamente dominada nos três períodos e foi derrotada por 89 a 50. Essa foi a pior pontuação do Joinville neste NBB.

O técnico Daniel Lazier mexeu no time e sacou Starks para tentar aumentar o garrafão e melhorar a marcação diante de um Flamengo muito forte fisicamente. A tática até funcionou nos primeiros 10 minutos de jogo. A equipe conseguiu manter um bom ritmo, com marcação firme e manteve o placar equilibrado fechando o primeiro período em 18 a 19.

O problema é que o Flamengo é um time com ótimo preparo físico para manter a força durante toda a partida e o desenho de jogo do técnico joinvilense caiu por terra. Sem conseguir armar boas jogadas, com as bolas de três pontos quase nulas e sem conseguir jogar dentro do garrafão adversário, o Joinville viu o rubro negro se afastar no marcador e abrir 9 pontos de vantagem antes de ir para o intervalo com 38 a 29 no placar. Balbi e Marquinhos somaram para 14 dos 19 pontos do time no período, enquanto isso, todo o time joinvilense fez apenas 11.

O segundo tempo apenas sacramentou a péssima partida do time da casa e a superioridade do Flamengo. Sem conseguir marcar, errando passes e com a marcação perdida, o Joinville tomou 22 pontos só no terceiro período enquanto marcou apenas 9.

No último quarto, o Flamengo apenas aproveitou para aumentar a vantagem, com destaque para Nesbitt, Jhonatan e Crescenzi.

Essa foi a nona derrota consecutiva do Joinville que amarga a lanterna da competição. Com a parada para o Jogo das Estrelas, a expectativa é que os erros sejam corrigidos para a próxima partida, que acontece no dia 13 de fevereiro, quando o time viaja para enfrentar o Pinheiros em São Paulo.

 

--

Quer receber as notícias no WhatsApp?