Jogo de gigante italiano é interrompido por ato de racismo contra goleiro

Foto: Divulgação/Milan

Por: Lucas Pavin

21/01/2024 - 08:01 - Atualizada em: 21/01/2024 - 11:15

O futebol registrou mais um episódio lamentável de racismo no último sábado (20). No jogo entre Milan e Udinese, pela 21ª rodada do Campeonato Italiano, o duelo foi interrompido aos 33 minutos do primeiro tempo por conta de atos racistas de torcedores da Udinese contra Maignan, goleiro do Milan.

O francês relatou a companheiros e ao árbitro da partida que estava recebendo insultos racistas de pessoas na arquibancada, que ainda imitavam macacos para o atleta.

Ele tirou as luvas e desceu o túnel para o vestiário. Os times saíram de campo, mas a bola voltou a rolar cerca de cinco minutos depois.

No telão do estádio, o clube da casa pediu que as ofensas parassem, porém, Maignan seguiu sendo vaiado pela torcida adversária a cada toque na bola.

“Não há absolutamente nenhum lugar para o racismo em nosso jogo: estamos horrorizados”, publicou o Milan nas redes sociais com uma foto de Maignan conversando o árbitro. “Estamos com você, Mike”.

O Milan venceu a Udinese por 3 a 2 e aparece em terceiro lugar do Italiano, enquanto o rival ocupa o 17º lugar.