Se a decisão tomada pelos jogadores no início da noite desta terça-feira (20) se confirmar, o árbitro Pathrice Wallace Correia Maia vai considerar o time do Figueirense derrotado por WO na partida contra o Cuiabá, pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na Arena Pantanal.

Os atletas decidiram que não entrariam em campo por conta do não pagamento de salários e direitos de imagens atrasados. A diretoria do clube informou, antes do embarque para o Mato Grosso, que havia um acordo para que a quitação fosse realizada no dia 28. Os jogadores contestam e, por meio de notas publicadas nas redes sociais, ameaçaram com a greve.

Até às 19h40min, os atletas permaneciam no hotel e apenas a comissão técnica estava preparada para ir ao estádio. O grupo ainda estava reunido e a expectativa é de que voltem atrás da decisão e sigam para a Arena Pantanal.

Como é configurado o WO

Sem o Figueirense em campo, o árbitro terá por protocolo aguardar por 30 minutos. Passado o prazo, com o Cuiabá apenas em campo, será autorizado início da partida e um toque na bola da time presente será configurado WO.

Desta forma, o Cuiabá será declarado vencedor por 3 a 0. Além disso, conforme Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) o Figueirense pode ser multado em até R$ 100 mil. Em caso de um segundo WO nesta Série B, o clube será excluído do campeonato e, por consequência, rebaixado.

 

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: