Jogadores de time argentino são presos por acusação de abuso sexual

Sebastián Sosa, Braian Cufré, Abiel Osorio e José Florentín foram detidos | Fotos: Reprodução

Por: Lucas Pavin

19/03/2024 - 16:03 - Atualizada em: 19/03/2024 - 16:53

Tradicional clube de futebol da Argentina, o Vélez Sarsfield teve quatro jogadores do seu elenco presos acusados de abuso sexual contra uma jornalista no início deste mês de março.

Sebastián Sosa, Braian Cufré, Abiel Osorio e José Florentín teriam agredido sexualmente a mulher de 24 anos em um hotel da região, após o jogo entre Vélez Sarsfield e Atlético Tucumán, pela Copa da Liga Argentina.

Em depoimento à Polícia, a jornalista contou ter sido convidada por Sosa para ir ao hotel. Ao chegar no local, ela foi para o quarto do goleiro e depois Osorio, Cufré e Florentín se juntaram a eles.

Após ingerir bebida alcoólica durante a madrugada, a jovem começou a se sentir mal e se deitou em uma das camas. De acordo com ela, neste momento acabou acontecendo o abuso.

Além de entregar as roupas usadas no dia do crime para as autoridades, a Polícia ainda tem em mãos imagens do circuito interno, além de exames no corpo da vítima.

Por conta do caso, o clube suspendeu o contrato dos atletas e emitiu uma nota de repúdio.

“O Clube reitera a sua mais profunda preocupação com os acontecimentos relatados, que são manifestamente contrários aos princípios e valores da nossa Instituição. Continuamos à disposição da justiça para que os factos sejam esclarecidos e continuaremos a informar das medidas que forem adotadas”, publicou.

A justiça argentina já havia proibido os atletas de deixarem o país e ainda decidirá se eles responderão em liberdade ou não.