O atacante Clayson teve seu contrato rescindido com o Cuiabá nesta quinta-feira (9). O jogador é acusado de agressão por uma mulher de 22 anos e foi devolvido ao Bahia, clube que detém seus direitos.

Segundo o Cuiabá, Clayson confirmou a participação no caso. O meio-campista Rafael Gava também foi acusado, mas o companheiro de time o isentou.

A mulher foi internada em um hospital na terça-feira (7) com ferimentos, alegando ter sofrido agressões em um motel de Cuiabá e, em seguida, tentar se matar.

Ela estaria no motel com três homens e duas mulheres. Em determinado momento, Clayson teria quebrado uma garrafa e agredido a mulher.

Logo depois, ela foi embora e se encaminhou para um hotel, onde tentou suicídio, cortando o próprio pescoço com o caco de uma garrafa e ingerindo comprimidos para depressão.