Cruz de Malta e João Pessoa fizeram um jogo de dois tempos bem distintos na tarde deste domingo (2), no estádio Eurico Duwe, no primeiro capítulo da final do Campeonato Jaraguaense da Primeira Divisão 2018.

Quando foi superior, na etapa inicial, o João Pessoa abriu dois gols de vantagem, ambos com Jo. No segundo tempo, os cruzmaltinos melhoraram e deixaram tudo igual graças aos tentos de Petry e Claudinho: 2 a 2.

Lance do jogo | Foto Lucas Pavin/Agência Avante!

O resultado deixa a decisão ainda mais aberta para a partida de volta, que acontece no próximo domingo (9), no estádio João Lúcio da Costa, casa do João Pessoa. Quem vencer, levará o título. Em caso de nova igualdade, o campeão sairá nas penalidades.

Já na categoria Sub-20, o Cruz de Malta dominou o adversário e largou na frente na briga pelo caneco. Luiz Henrique e Athirson marcaram no primeiro tempo, enquanto Matheus no segundo tempo deu números finais ao confronto: 3 a 0.

Cruz de Malta 2x2 João Pessoa

Com propostas bem ofensivas, as duas equipes fizeram um jogo digno de uma final de campeonato. Além das inúmeras oportunidades de gol dos dois lados, o duelo também foi cheio de alternâncias.

No primeiro tempo, o João Pessoa se mostrou melhor e conseguiu se impor mesmo jogando fora de casa. Tanto que balançou as redes em duas oportunidades, ambas com Jo, aos 22, e, aos 42 minutos, este último um golaço de fora da área.

Jo foi o grande nome do João Pessoa na primeira final | Foto Lucas Pavin/Agência Avante!

Já na etapa final, os anfitriões voltaram com uma postura mais agressiva com e sem bola. A reação começou cedo, logo aos 2 minutos, quando o zagueiro Petry diminuiu após cobrança de escanteio.

O Cruz de Malta seguiu pressionando o rival e quase empatou na metade do segundo tempo, com Marlon que acertou a trave esquerda.

Logo depois, se iniciou uma confusão entre jogadores próximo da linha de escanteio e os atletas Rodrigo, do Cruz, e Schramm, do João Pessoa, foram expulsos.

Momento da confusão | Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!

A partir daí, o jogo foi se arrastando ao final sem grandes lances de perigo. Mas quando parecia que o João Pessoa sairia com a vitória, os donos da casa arrancaram o empate.

Aos 37, Claudinho aproveitou sobra na área e igualou o marcador. O Cruz ainda quase virou nos últimos minutos, mas Café parou na trave direita e o jogo de ida da final ficou mesmo no 2 a 2.

Autor do segundo gol, Claudinho salvou o Cruz de Malta da derrota em casa | Foto Lucas Pavin/Agência Avante!

“Sentimos o primeiro gol do João Pessoa e não fomos bem no primeiro tempo. Corrigimos as falhas no segundo tempo, não nos acomodamos e com muita vontade empatamos o jogo. Poderíamos até ter virado, mas as coisas acontecem como tem que acontecer e ficou dessa maneira. Foi um grande jogo”, avaliou Elvis Batista, técnico do Cruz de Malta.

“Foi um ótimo jogo de decisão. Aconteceu de tudo e acabou sendo normal o resultado. O Cruz de Malta tem sua tradição no campeonato, mas estamos vivos e vamos buscar esse título em casa”, declarou Biro, treinador do João Pessoa.

LEIA TAMBÉM: Cruz de Malta e Bafana vão à decisão do Jaraguaense Sênior de Futebol

Quer receber as notícias no WhatsApp?