Para quem esteve no ginásio do SESC na noite de sábado (7), o que não faltou foi gol. JEC e Concórdia proporcionaram aos torcedores um jogo movimentado, com oito gols e, no final, quem comemorou foi a torcida tricolor, com a vitória por 5 a 3, com direito a noite inspirada de Leco. O capitão marcou três dos cinco gols da equipe.

O Joinville não sabia o que era vencer no catarinense a seis rodadas. A única vitória na competição, até este sábado, havia sido na estreia, quando o time de Vander Iacovino goleou o Mafra por 8 a 0. Apesar da nova vitória, e equipe continua na oitava colocação, com apenas nove pontos em oito partidas disputadas.

Em casa, diante da torcida, o Tricolor tratou de abrir o placar logo aos quatro minutos de jogo. Leco recebeu bom passe de Eka pela ala esquerda e tirou o goleiro Róger e outros dois marcadores antes de ver a bola balançar a rede. Mas, não teve tempo para comemorações. Na saída de bola, Trevisol recebeu na frente de William e tocou rasteiro para empatar a partida.

O fixo joinvilense que estava em noite de gala virou para os donos da casa. Aos 14 minutos, Leco recebeu de Bruno, girou e bateu forte para marcar o segundo gol. Na segunda etapa, aos cinco minutos, Eka puxou o contra-ataque e serviu Bruno pela ala direita. O ala não desperdiçou a chance e bateu forte do canto esquerdo de Róger.

Mas Trevisol não queria dar vida fácil ao Tricolor e aproveitou o contra-ataque para diminuir e marcar o seu segundo gol na partida. Buscando o empate, o goleiro Róger começou a jogar mais adiantado e para evitar o contra-ataque dos donos da casa, colocou a mão na bola fora da área e foi expulso aos 13 minutos. O Joinville não soube aproveitar a vantagem, mas depois que o time visitante restabeleceu o número de jogadores, Eka, mais uma vez, trabalhou como garçom e serviu Thiaguinho, que chutou cruzado pela esquerda, marcando o quarto gol do JEC.

Ao técnico Thomé restou colocar Piva como goleiro-linha para tentar reagir. Foi o goleiro tricolor quem errou e foi expulso por reclamação restando 20 segundos para o apito final. Mas a noite era mesmo de Leco. O fixo recuperou a bola ainda na quadra de defesa, driblou o adversário, ganhou dividida com outro e carregou até o gol, marcando o terceiro dele na partida quando o cronômetro estava quase zerado.

O JEC volta à quadra na próxima quarta-feira (11), quando viaja para enfrentar o Mafra, às 20h30.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?