O Joinville confirmou informações que já haviam sido adiantadas na última semana de que a dívida do clube teria ultrapassado a casa dos R$ 40 milhões. A divulgação oficial do balanço auditado do clube foi realizada nesta segunda-feira (30) e as contas são referentes ao exercício do ano de 2017. De acordo com o balanço, o JEC saltou de uma dívida de R$ 26 milhões em um ano para R$ 42 milhões. A arrecadação do clube teve influência nesse déficit. De acordo com os números, em 2017 o Joinville arrecadou R$ 17 milhões, cerca de R$ 13 milhões a menos do que a temporada 2016. Apesar disso, os custos com o departamento de futebol diminuíram de R$ 21 milhões para R$ 12 milhões. Outro fator determinante para o vermelho nas contas do Joinville é a taxa de juros sobre os empréstimos efetuados pelo clube. De R$ 8,1 milhões, eles passaram a R$ 11,1 milhões. O Conselho Fiscal do clube deve se reunir na próxima sexta-feira (4) para analisar, principalmente, a alta porcentagem de juros dos empréstimos do clube. Depois, neste mês de maio, o Conselho Deliberativo deve se reunir na segunda quinzena para analisar os dados.