Em reunião realizada na manhã de quinta-feira (26), na Arena, a diretoria do Jaraguá Futsal divulgou a prestação de contas do clube, referente ao período entre janeiro e fevereiro de 2018. Durante os dois primeiros meses da temporada, a agremiação teve uma arrecadação total de R$ 253.275,98 mil e despesas de R$ 214.110,30 mil, resultando em um saldo positivo de R$ 39.011,69. Somando-se as contas do ano passado, o destaque fica para o pagamento de R$ 372.710,59 mil de dívidas contraídas por gestões anteriores. Com relação as entradas no caixa foram contabilizados os valores de patrocínios e placas (R$ 192.735,88), saldos e aplicações (R$ 211,82), empréstimos e adiantamentos da diretoria (R$ 11.950), doações (R$ 17.258,68), bilheteria e comissões (R$ 24.130), sócio torcedor/sócio empresa (R$ 17.258,68) e outros serviços como, por exemplo, locação de bar na Arena (R$ 6.989,60). Já as despesas tem como itens principais os pagamentos de salários atrasados de 2016 (R$ 20.816) e outras dívidas antigas (R$ 43.403,41). Em relação aos gastos de 2018, foram pagos empréstimos e adiantamentos (R$ 54.845,45); escritório (R$ 3.024,32); quadra para jogos e treinos (R$ 27.929,15); moradia – aluguel, mudanças e outros (R$ 20.028,19); LNF, Catarinense e CBFS (R$ 410,04), salários de 2017 quitados em janeiro (R$ 10.063,03) e de 2018 (R$ 31.359,71); logística – jogos fora de casa (R$ 925,79); e banco (R$ 1.305,21).