Jaraguaense estreia pela Honda com dois pódios no Brasileiro de Motocross

Foto: Arquivo pessoal

Por: Lucas Pavin

18/03/2024 - 17:03 - Atualizada em: 18/03/2024 - 17:57

Contratado nesta temporada pela Honda Racing, a maior montadora de motos do mundo, Vitor Hugo Jarosczevski de Borba teve uma estreia imponente pela equipe ao garantir dois pódios na abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross 2024, realizado no fim de semana, em Sorocaba (SP).

Mesmo após uma queda, o jaraguaense de 17 anos se recuperou durante a prova da MX2Jr e venceu a categoria com motos de 250 cilindradas, deixando a cidade paulista como líder da classificação.

Em seguida, o piloto fechou a bateria da MX2 na terceira posição, somando ainda um sexto lugar entre os integrantes da MX2 na corrida da Elite MX.

“Fico feliz em estrear dessa forma na Honda. Cometi um erro na corrida da MX2Jr e caí, mas me recuperei e consegui a vitória. Na bateria da MX2 fiz um ótimo terceiro lugar, depois sofri um pouco na Elite MX. Mesmo assim, na soma, deu quinto lugar, o que é muito bom” avaliou.

A 2ª etapa da competição nacional está marcada para os dias 6 e 7 de abril, em Canelinha.

Com 11 anos de dedicação ao motocross, Borba já vestiu a camisa da Yamaha Monster e Gasgas, e acumula mais de 200 troféus a nível estadual e nacional. Entre eles, os títulos do Catarinense e Arena Velocross, um vice no Brasileiro de Motocross, além de participação no Mundial.

A carreira já consolidada apesar da pouca idade e a projeção de um sucesso ainda maior no futuro pode ser explicado por uma rotina de atleta profissional. Pelo menos seis vezes na semana, o jovem piloto concilia treinos de moto, bicicleta, natação e academia.

Tamanho esforço já vem sendo recompensado com as conquistas e contratos com grandes equipes, tornando o jaraguaense um dos principais nomes do motocross brasileiro.

Resultados na 1ª etapa do Brasileiro:

MX2Jr

1º Vitor Borba #28
2º Gabriel Bilhar #112
3º Pietro Piroli #161
4º Arthur Gomes #918
5º Gabriel Cirino #81

MX2

1º Bernardo Tibúrcio #3
2º Eric Tomas #848
3º Vitor Borba #28
4º German Bratschi #146
5º Marcello Lima #5

Soma das baterias – MX2

1º Bernardo Tibúrcio #3
2º Marcelo Leodorico #44 – 40 pontos
3º Marcello Lima #5 – 38 pontos
4º Eric Tomas #848 – 38 pontos
5º Vitor Borba #28 – 35 pontos