Jaraguaense é campeão da Copa Brasil de Vôlei com o Cruzeiro

Guilherme Rech (camisa 6) está desde 2017 no time mineiro | Foto: Arthur Moraes

Por: Lucas Pavin

11/03/2024 - 11:03 - Atualizada em: 11/03/2024 - 11:36

Guilherme Rech comemorou mais um título com o multicampeão do vôlei masculino Sada Cruzeiro. No último fim de semana, o jaraguaense fez parte do grupo que conquistou o oitavo caneco da Copa Brasil na história do clube ao vencer o Guarulhos na final por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/18 e 25/17.

A competição foi realizada no Centro Multiuso, em São José, e ampliou a marca do time mineiro como maior campeão do torneio – 2014, 2016, 2018, 2019, 2020, 2021, 2023 e 2024.

Esse já é o segundo título cruzeirense na temporada. Em fevereiro, a equipe conquistou o Sul-Americano, campeonato que voltará a disputar em 2025 por conta do primeiro lugar na Copa Brasil.

Aos 23 anos, Rech está desde 2017 no clube de Belo Horizonte e vive sua primeira temporada jogando com maior regularidade no elenco principal, que conta com estrelas como Lucão e Wallace.

Em 2021/2022, ele participou dos títulos do Mundial, Superliga, Sul-Americano, Supercopa e Mineiro, mas entrando apenas em momentos pontuais de alguns jogos.

História no vôlei

O primeiro contato de Guilherme Rech com o vôlei foi aos 9 anos de idade, na Escola Machado de Assis, no bairro João Pessoa. E não demorou muito para que o talento da ainda criança na época fosse detectado.

No tradicional Encontro de Polos do voleibol de Jaraguá, o menino foi chamado pelo professor e idealizador do projeto Evoluir, Benhur Rosado Sperotto, para entrar na equipe de base da cidade. Um passo que fez a carreira nas quadras começar a deslanchar.

Após quatro anos jogando pela sua terra natal, o jaraguaense defendeu Timbó por uma temporada e deixou Santa Catarina, aos 15 anos, para atuar no AABB Sada, do Rio de Janeiro.

Até que, em 2017, surgiu o convite para compor a base do Cruzeiro, clube que detém seus direitos desde então. Neste período, também jogou emprestado no Lavras (MG), Ribeirão Preto (SP) e Araguari (MG), além de ter passagens pela seleção brasileira de base.