Percorrer um caminho longo e desgastante, como nadar 3,8 km em mar aberto e numa água fria, pedalar 180km e correr mais 42km, enfrentando as mais diversas condições climáticas, é algo que poucos conseguem, além de parecer quase impossível para muitas pessoas. Porém, este trajeto desafiador já está virando rotina para o atleta de Jaraguá do Sul, Alexandre Innocenti Ortiz, que disputará no próximo domingo, dia 3 de dezembro, mais uma edição do Ironman, a primeira em Mar Del Plata, na Argentina.
 Acompanhado pelo amigo Charles Dellanoce, que auxiliou nos treinamentos e faz parte do seu ‘staff’, Ortiz vai para o seu quinto Ironman, que é considerado o maior circuito de triathlon do mundo. Integrante da equipe Life Well, o triatleta de 37 anos organizou um forte planejamento para a prova juntamente o professor Lucas Fliegner, já que este será o terceiro evento deste porte que ele participa em apenas 12 meses.
“A preparação foi baseada em treinos curtos e intensos, devido ao pouco tempo de descanso das provas de Cozumel (novembro de 2016) e Floripa (maio de 2017). Com isso, o Lucas não priorizou treinos longos e sim atividades com potência”, comentou Ortiz, que ainda contabiliza em sua carreira as edições de Fortaleza (2014) e Floripa (2015).
Foto: Eduardo Montecino/OCP
Neste histórico, o jaraguaense mostrou evolução e foi diminuindo seus tempos a cada edição. Das 12h38min estabelecidos em 2014, ele baixou sua marca em quase duas horas em comparação a última prova em maio deste ano, quando cruzou a linha de chegada em 10h57min. Agora, a meta é fechar o percurso entre 10h30 e 10h50. “Este é meu objetivo, mas por ser uma prova inaugural em uma cidade totalmente litorânea podem haver condições climáticas que mudem tudo. Contudo, quero me sentir bem e representar minha cidade, filhos, amigos, treinador e apoiadores com a alegria de sempre. É incrível poder participar de mais uma prova do tamanho do Ironman. Esta prova é o que me move e me faz buscar forças para trabalhar, cuidar dos meus filhos e família, além de compartilhar com muitas pessoas um sonho possível de ser realizado”, destacou Ortiz.