Desde 2011 lutando pelo acesso, Leão do Vale deve herdar vaga do Juventus de Seara - Foto: Rafael Verch/Arquivo OCP
Desde 2011 lutando pelo acesso, Leão do Vale deve herdar vaga do Juventus de Seara - Foto: Rafael Verch/Arquivo OCP
Jaraguá do Sul deve receber um clássico local na Série B do Campeonato Catarinense em 2016. Após o Juventus de Seara não ter nenhum representante no Conselho Técnico da competição, realizada na última segunda-feira (29), aumentaram os rumores sobre uma possível desistência do clube, que beneficiaria o Sport Club Jaraguá. Terceiro colocado na Série C do ano passado, o Leão do Vale é o primeiro na fila para herdar a vaga do time searense, mudança que está muito próxima de ser confirmada.
Com a saída do patrocinador máster e as dificuldades em arranjar novos parceiros, o Juventus de Seara passa por problemas para manter o projeto ativo na atual temporada e precisa dar uma resposta à Federação Catarinense de Futebol, até amanhã, sobre sua participação ou não no Estadual. De acordo com o presidente da Associação dos Clubes Profissionais de Santa Catarina, Carlos Crispim, os searenses dificilmente formarão uma equipe para a disputa da segunda divisão. “A chance é de 90% do Sport Club Jaraguá substituir o Juventus de Seara. Mas precisamos que chegue a formalização oficial da desistência do clube para confirmar. Podemos ter essa confirmação até antes que sexta-feira. Pela dificuldade financeira, o Juventus tem poucas chances de disputar a competição”, disse.
Caso as especulações se confirmem, o Jaraguá se juntaria ao Marcílio Dias, Atlético Tubarão, Concórdia, Operário de Mafra, Porto, Hercílio Luz, Barra, Litoral e ao co-irmão Grêmio Esportivo Juventus na Série B, que tem seu pontapé inicial marcado para o dia 17 de julho.
Para o presidente do Leão do Vale, Valdemir da Silva, a possibilidade de ter um clássico contra o Moleque Travesso, pela primeira vez na história em um campeonato oficial, pode ser muito importante para o futuro dos dois clubes. “Eu não vejo como rivalidade, mas sim como uma salvação para o futebol profissional de Jaraguá do Sul. Se isso mesmo acontecer acredito que terá uma motivação na cidade e na própria Federação em ter um clássico regional”, destacou.