O torcedor do Jaraguá Futsal já pode ficar mais aliviado. Após uma reunião que durou cerca de três horas, na manhã desta quinta-feira (4), diretoria, comissão técnica e jogadores, chegaram a um acordo para a sequência do projeto na temporada, antes colocada em cheque pela crise financeira que o clube ultrapassa desde o mês de janeiro.

A decisão acarretou em mudanças na alta cúpula aurinegra. O atual presidente Gerson Postai (acima na foto) e os demais dirigentes permanecem até o fim do ano para quitar as pendências com fornecedores e serviços, enquanto o goleiro Franklin ao lado do preparador físico Mauro Sandri assumem a nova gestão, atendendo os possíveis novos patrocinadores e administrando toda movimentação financeira do clube, desde a renda de ingressos e apoiadores até os sócios-torcedores, além da dívida de R$ 350 correspondentes aos salários atrasados. “A conversa foi super saudável e ele (Gerson) entendeu o propósito desta transição. A reunião também foi para passar aos atletas de que forma eles desejassem continuar ou até parar com a equipe. Colocando todas as informações, eles nos entenderam e deram mais um voto de confiança para o projeto, dando sequência a disputa na Liga Nacional e Campeonato Catarinense”, disse Franklin.

Além disso, a nova gestão ficará com 100% dos direitos pertencentes a vaga da Liga, uma vez que a Associação Desportiva Jaraguá (ADJ) irá ceder os seus 50%, assim como a outra metade que estava comprometida com a CSM, na figura do ex-dirigente Cristiano Raboch. Com isto, a partir de janeiro, será aberto um novo CNPJ através de uma administração independente. “Já estamos conversando com os advogados para ver como podemos fazer isso juridicamente para não lesar ninguém. A meta principal é profissionalizar a gestão do clube. Mas o mais importante, neste momento, é que a equipe continua”, afirmou Franklin.

De acordo com o goleiro, o próximo passo é a busca incessante por novos patrocinadores para viabilizar o projeto e aproveitou para convocar os torcedores para que lotem a Arena, no dia 15 de agosto, quando a equipe enfrenta o Concórdia, pela última rodada da primeira fase. “Vamos ter que correr contra o tempo. Esta etapa foi concluída e agora vamos atrás dos patrocinadores. Vou lutar muito para que a gente consiga esse apoio e contamos muito com o nosso torcedor. No próximo jogo da Liga, toda renda vai ser revertida para o pagamento de atletas, que são guerreiros por tudo que vem passando. Mesmo com todas as dificuldades, eles estão aceitando esta luta e é fundamental que a gente possa encher a Arena. Vamos ter um novo sistema para que todos trabalhem juntos pelo Jaraguá Futsal”, finalizou.