A Liga Nacional para o Jaraguá Futsal começa no próximo domingo (23), contra a Assoeva, na Arena. Porém, isso não quer dizer que a equipe jaraguaense vai entrar em quadra.

Ainda sem a liberação do Governo de Santa Catarina para a prática da modalidade no Estado, o aurinegro ameaça não jogar essa primeira rodada da competição nacional.

Foi especulada a opção dos catarinenses levarem seus mandos para estados vizinhos, como Paraná e Rio Grande do Sul.

Mas no caso do Jaraguá, essa possibilidade foi totalmente descartada, principalmente pelas altas despesas.

Outra hipótese levantada foi de realizar todos os jogos dos times de Santa Catarina no turno, fora de casa, o que também é visto como uma grande desvantagem.

Clubes e jogadores lançaram uma campanha no último fim de semana | Foto: Divulgação

Com isso, os dirigentes, atletas e membros das comissões técnicas de todo Estado se uniram e criaram uma campanha no último fim de semana, com a hashtag #voltafutsalsc, em que clamam pelo retorno da modalidade após mais de seis meses de paralisação.

Agora, resta aguardar para que a grande repercussão sensibilize as autoridades e a bola pesada, enfim, comece a rolar em Santa Catarina.

Veja a nota publicada pelo Jaraguá Futsal

O futsal catarinense profissional, após mais de 6 meses de paralisação, não pode mais esperar. Desde o início da pandemia, clubes seguiram as recomendações de saúde das autoridades. Com responsabilidade e após as liberações dos órgãos competentes, equipes voltaram a rotina de treinamentos há mais de 40 dias.

Sabemos que não estamos imunes a fatalidades, mas cabe reiterar que os integrantes que se encontram no grupo de risco estão afastados, e todos os protocolos de segurança estão sendo seguidos por aqueles que continuam em suas atividades profissionais.

Além disso, temos constante suporte médico, nutricional e de preparação física. Mas a manutenção das atividades de um clube se dá especialmente pelas competições que o mesmo disputa.

Precisamos competir, para dar a visibilidade aos patrocinadores que investem no esporte e para continuar honrando os compromissos que temos com os profissionais que dependem desse esporte. Precisamos competir, porque nossa modalidade gera, além dos empregos diretos, milhares de outros indiretos, seja em dia de jogos ou movimentando a economia da região onde nos encontramos.

Estamos reivindicando nosso retorno às competições baseado no decreto nº 785 do Governo do Estado, publicado no dia 07 de agosto que libera as competições esportivas em Santa Catarina. Precisamos dar o próximo passo, viabilizando o início dos campeonatos. Os últimos meses não foram fáceis, mas com muitos ajustes e profissionalismo nos mantivemos. Agora chegou a hora de competir.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul