Não há dúvidas de que a temporada 2017 é especial para o Jaraguá Breakers. O retorno as competições oficiais após ficar afastado no ano passado e a classificação às semifinais do Campeonato Catarinense, perdendo nos detalhes para o atual campeão nacional e estadual Timbó Rex, foram os principais momentos vividos durante estes onze meses do clube. Agora, a equipe jaraguaense está há um passo de alcançar seu maior objetivo e coroar a trajetória no ano. Neste sábado (4), os comandados do head coach Jackson Kestring disputam a final da Conferência Sul da Liga Nacional de Futebol Americano (LNFA), diante do Gaspar Black Hawks, às 14h30, no Estádio João Marcatto. Se o título em uma competição importante do país, que ganharia contornos ainda mais emblemáticos por ser no João Marcatto – palco da histórica conquista do Torneio Touchdown de 2013 -, já são ingredientes de sobra para levantar a taça, outro fator serve de motivação aos atletas: o acesso para BFA (Brasil Futebol Americano), principal divisão do esporte no Brasil, que cede apenas uma vaga ao campeão da LNFA. “Esse jogo é extremamente importante pela vaga na elite e continuação no campeonato. Jogar em casa é um brinde pela campanha que fizemos. Então temos que agarrar essa oportunidade com unhas e dentes para esse caminho ser continuo. Nosso grupo está focado e com muita vontade de jogar, e acredito que vai ser um grande jogo, um dos melhores do ano”, disse o presidente e wide receiver Everton Gnewuch. Ambos os finalistas chegam ao confronto embalados por campanhas invictas. Os ‘Quebradores’ passaram pelo Grupo E com quatro vitórias (sobre Maringá Pryos, Foz Black Sharks, Joinville Gladiators e Curitiba Lions), eliminaram o Bento Gonçalves Snakes na semifinal e aparecem como a melhor defesa do torneio, com apenas 17 pontos sofridos. Do outro lado, o Black Hawks também somou quatro triunfos no Grupo F (Snakes, Criciúma Miners, Porto Alegre Gorillas e São Leopoldo Mustangs), avançou a decisão após derrotar o Maringá Pryos na semi e figura com o melhor ataque da conferência, com 202 pontos marcados. As equipes já se enfrentaram neste ano em um amistoso de pré-temporada, que terminou com vitória do time de Gaspar. Mas de lá para cá, o Breakers fortaleceu seu elenco e ganhou status de um dos favoritos na Liga Nacional. Por todos estes fatores, a promessa é de uma final emocionante no Estádio João Marcatto. “O Black Hawks tem um dos melhores times de Santa Catarina e tem como uma das suas grandes armas o quarterback Carraro, que faz passes longos e corre bastante com a bola. Mas confiamos no trabalho que tivemos durante todo ano. Estamos prontos para encarar o desafio e confiantes de que temos totais condições de sair com a vitória”, destacou o head coach e quarterback, Jackson Kestring. Os ingressos para a partida serão vendidos nas bilheterias do João Marcatto, no valor único de R$ 20. Crianças menores de 12 anos terão acesso livre.