Bicampeão mundial e eleito três vezes o melhor jogador do planeta, Manoel Tobias reafirmou que é o maior jogador de futsal de todos os tempos.

Após ser homenageado na Arena de Pernambuco, eternizando seu nome no Espaço Pernambuco Imortal - dedicado para atletas do estado que tiveram destaque em suas carreiras, o ex-jogador voltou a enaltecer sua carreira.

“Com toda convicção e sem falsa modéstia, eu sou o maior da história sim. Eu acho que cada um sabe o que fez de importante na história. Mas, para mim, dentro da minha tela, eu me considero sim o maior da história do futsal no Brasil, no mundo, pelas qualidades que o Manoel Tobias mostrava dentro da quadra, reunindo também outros fatores”

Ao completar 50 anos em abril, Tobias já havia se colocado acima de Falcão, que rebateu o ex-companheiro e se colocou nas duas primeiras posições do “pódio” entre os melhores atletas da história da modalidade.

Natural de Salgueiro (PE), Manoel Tobias foi um dos responsáveis pelo começo vitorioso do projeto da Malwee Futsal, que mais tarde, viria a se tornar o maior detentor de títulos do Brasil.

Por aqui, no acanhado ginásio da Armalwee, mostrou sua irreverência e maestria em quadra durante as temporadas 2001 e 2002.

Ajudou a equipe jaraguaense a chegar aos títulos do Campeonato Catarinense, Copa Umbro Internacional, Copa Fiat, Copa Santa Catarina e Jogos Abertos, além de ser eleito duas das três vezes em que foi melhor do mundo enquanto vestia a camisa do clube.

Já Falcão chegou em 2003 e ficou até o fim do projeto em 2010. Foram mais de 30 títulos, os principais da história do time jaraguaense, onde é idolatrado.

Foto: Divulgação

Vestiu a camisa da seleção por duas décadas, sendo o maior artilheiro da história com 401 gols marcados.

Além disso, foi bicampeão mundial, maior artilheiro em mundiais com 48 gols e eleito o melhor jogador de futsal do mundo por quatro vezes.