Gramado sintético tem chance de ser vetado no futebol brasileiro

Foto: Fabio Menotti/Palmeiras

Por: Lucas Pavin

06/03/2024 - 16:03 - Atualizada em: 06/03/2024 - 16:42

Em reunião na última terça-feira (5), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou algumas novidades, como o aumento no número de estrangeiros por equipe, mas também debateu temas importantes. E o principal foi referente a polêmica dos gramados sintéticos.

A única definição no momento é que os clubes que usam o campo artificial (Athletico-PR, Botafogo e Palmeiras) precisam permitir que os adversários treinem na véspera das partidas.

Porém, também existe a possibilidade de veto aos gramados sintéticos a partir de 2025 ou 2026. Os 20 times da Série A ainda voltarão a conversar sobre o assunto.

O debate será levado também a representantes dos clubes das Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro. A CBF não se posicionou oficialmente sobre a questão.