O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, vetou a mudança do nome do Maracanã. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (8).

A proposta era para substituir Estádio Jornalista Mário Filho por Estádio Edson Arantes do Nascimento – Rei Pelé.

Segundo o site globoesporte.com, o veto se deu após a repercussão negativa que o Projeto de Lei gerou, principalmente entre jornalistas e torcedores de futebol, além da votação acontecer durante o período crítico da pandemia no Brasil.

O PL havia sido aprovado pelos deputados da Alerj no dia 9 de março, mas ainda precisava de sanção de Cláudio Castro, o que não aconteceu.