Por Lucas Pavin | Foto Eduardo Montecino A diretoria do Grêmio Esportivo Juventus anunciou na última terça-feira (6) a contratação de dois novos reforços. O goleiro Duda e o lateral-direito Paulinho chegam para defender o Moleque Travesso na disputa da Série B do Campeonato Catarinense, que tem início no dia 2 de julho, quando o clube faz sua estreia diante do Guarani de Palhoça, fora de casa. Velho conhecido da torcida, Paulo Cesar Urnau, o Paulinho, terá sua quinta passagem pelo Tricolor e chega como um dos líderes do atual elenco no Estadual. Aos 29 anos, o jogador estava no Operário do Mato Grosso e assinou contrato até dezembro com o time jaraguaense, no qual já atuou nas temporadas 2011, 2012, 2013 e 2016. “Aceitei a proposta por ser a mesma diretoria séria e competente do ano passado. Fizemos um bom trabalho em 2016 e faltaram alguns detalhes para conseguir o acesso. Mas neste ano todos estão muito motivados e temos tudo para subir. Esperamos fazer uma grande Série B e quero muito jogar a Série A pelo Juventus”, disse Paulinho. Já Eduardo Moreira de Souza, o Duda, vem por empréstimo até o fim do ano, junto ao Avaí. O goleiro de 22 anos iniciou a carreira nas categorias de base do Figueirense, mas foi no rival da capital que recebeu a primeira chance no profissional. Depois, foi emprestado ao Hercílio Luz, onde jogou a Série B do ano passado, além de atuar pelo Glória, do Rio Grande do Sul, disputando o Campeonato Gaúcho desta temporada. “Estou feliz pela diretoria do Juventus confiar no meu trabalho. O clube tem um projeto ambicioso e quero abraçar esta oportunidade da melhor maneira, ajudando a colocar o clube aonde ele merece que é na primeira divisão do Catarinense”, declarou Duda. goleiro veio do Avai Com a dupla, o Juve chegou a 16 contratações para a Série B e, somando com os três atletas promovidos da base ao profissional, o técnico Eduardo Rodrigues já tem 19 jogadores à disposição. Segundo o diretor de futebol, Cleber Hernacki, a ideia é trazer mais seis a oito peças para fechar o elenco. “Temos o plano de fazer um time bem forte e competitivo, mas também estamos esbarrando na parte financeira. Se não tivermos ajuda do empresariado fica mais difícil de fazer essa montagem do elenco. Mas temos bons nomes para vir ainda e que vão agregar bastante para a Série B”, destacou o dirigente.