Cumprindo pena em regime semiaberto domiciliar pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio em 2010, Bruno tem um novo clube de futebol na carreira.

O goleiro campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009 acertou com o Rio Branco, do Acre, que disputa o Campeonato Estadual, Brasileirão Série D e Copa Verde.

Ele chega com status de uma das principais contratações da história do clube, conforme destacou o presidente Valdemar Neto.

“Olá, torcida rio-branquina e todos aqueles que seguem o Rio Branco nas redes sociais. Quero comunicar a vocês a mais nova contratação do Rio Branco. Eu digo, a maior contratação do Rio Branco esse ano e uma das maiores de sua história. Trata-se do goleiro Bruno Fernandes, ex-Flamengo, que chega na nossa capital essa semana pra vir compor o elenco do Rio Branco nessa temporada”, disse.

Bruno Fernandes em treno no Boa Esporte-MG | Foto: Régis Melo

Se o reforço agrada o mandatário, a história é bem diferente com o sócio proprietário e membro do Conselho de Administração do Rio Branco, Cassiano Marques. “A escolha de um condenado por bárbaro crime causa-nos repulsa e indignação”, declarou.

“O RBFC tem valores seculares e incompatíveis em ter em no seu elenco um elemento cuja referência é a morte e o desrespeito em relação às mulheres e crianças”, garante.

Além da morte de Eliza Samudio, o jogador também foi condenado pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. As penas somadas são de 20 anos e nove meses.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul