“Gol não é meu ponto forte”, diz atacante da seleção brasileira após derrota

Foto: Staff Images/CBF

Por: Lucas Pavin

22/11/2023 - 07:11 - Atualizada em: 22/11/2023 - 16:22

Gabriel Jesus deu uma declaração o tanto quanto inusitada para um atacante e camisa 9, após a derrota do Brasil para Argentina por 1 a 0, na noite de terça-feira (21), no Maracanã, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo.

O jogador do Arsenal, da Inglaterra, completou nove jogos sem marcar pela seleção e fez uma autocrítica pouco comum para um atleta da posição.

“Tem coisas que eu não controlo. Eu tento, eu busco, me movimento e ajudo a equipe. O gol, é inevitável… Eu acredito que não seja meu ponto forte. Faço gol, estou lá para fazer gol. Tanto que fiz gol na Seleção e quando voltar a fazer gol, vai acontecer. É trabalhar. Eu trabalho quieto”, disse na zona mista.

Revelado no Palmeiras, Gabriel Jesus tem 19 gols em 64 pela Amarelinha, porém, marcou apenas uma vez nas últimas 29 partidas.

“Tem coisas que me incomodaram bastante no ciclo após a Copa de 2018. Eu era mais jovem, tinha outra cabeça. Hoje sou um homem maduro, formado, pai de família. Entendo que o futebol é uma prioridade para mim e sempre vou dar a minha vida para fazer o melhor. Principalmente quando vier jogar pela seleção brasileira, que é um sonho que eu sempre tive. Não sou de rebater críticas, nem de ficar feliz com elogios. Já fiquei e já fiquei mal por críticas também. Mas nada me incomoda mais”, declarou.

Com a terceira derrota seguida, o Brasil caiu para o sexto lugar das Eliminatórias, com apenas sete pontos. A próxima rodada está marcada para setembro de 2024.