Com uma vitória por 3 a 2 na final sobre a rival Argentina, a seleção brasileira de futsal conquistou o título do Sul-Americano Sub-18, sediado no Paraguai. E um jaraguaense teve participação importantíssima na campanha vitoriosa da equipe comandada pelo técnico Daniel Júnior. Criado na escolinha do Giardini Lenzi e lapidado no projeto ‘Futsal Menor’, do Colégio Evangélico Jaraguá, o pivô Igor da Costa foi vice-artilheiro da competição com dez gols e um dos principais nomes do Brasil no torneio continental.

Atualmente jogando no Joinville, Igor ainda ajudou a seleção a confirmar sua participação nos Jogos Olímpicos da Juventude, que será realizado em outubro, na cidade de Buenos Aires, na Argentina. A campanha do Brasil no Sul-Americano teve apenas uma derrota, sofrida logo na estreia contra o Uruguai. Depois, vieram as vitórias sobre Peru, Chile e Venezuela na primeira fase, além da Colômbia na semifinal.

“A sensação de vestir essa camisa (seleção) é sensacional. Representar o meu país é um sentimento de dever cumprido e a prova de que todo esforço valeu a pena. Escutar o hino nacional e ver a bandeira em quadra são emoções que não tem preço”, disse o jogador de 17 anos, que atuou e levantou inúmeras taças por Jaraguá até 2014, antes de se transferir em 2015 para o Joinville, onde já foi duas vezes campeão do Estadual e da Olesc, uma da Taça Brasil e uma dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina.