Novidade na região no ano passado, a Superliga de Futsal teve sua 2ª edição confirmada pelos organizadores. Na atual temporada, serão 20 equipes na disputa – quatro a mais em relação a última edição -, divididas em cinco grupos com quatro integrantes na primeira fase, sendo que dois primeiros colocados de cada chave mais o terceiro melhor por índice técnico se classificam. Destes, os líderes garantem vaga direta as quartas de final, enquanto os segundos lugares e o melhor terceiro disputarão uma segunda fase para definir as três vagas restantes. O Grupo A tem DG (atual campeão), Bonamigo Móveis, Piratas e Vikings. No Grupo B estão Estudantes/ML Massoterapia, Angerô, Rafiane e Sevilha. O Grupo C reúne Flamengo, Baumann, Os Bagaceiros e União. Já o Grupo D é formado por Atlas Corupá, Paraíba, Raça e Serenata. Por fim, o Grupo E conta com Society Comim, Bafana, Erva Doce e Titãs/Coopercasa. Assim como em 2017, a competição mantém um cunho social. Desta vez, o cheque caução será substituído pela doação de dois cobertores por time, que serão entregues à Associação de Moradores Rio Molha e depois repassados as famílias carentes do bairro. Todos os jogos acontecerão nas sextas-feiras e sábados, no ginásio do Sesi, com exceção da rodada de abertura que está marcada para a próxima quinta-feira (22), com três jogos: Bonamigo x Vikings (19h15), DG x Piratas (20h15), e Estudantes x Sevilha (21h15).