Por Lucas Pavin As oitavas de final da Copa Libertadores terão apenas um confronto entre times do mesmo país e sobrou para o Brasil. O Santos enfrentará o Atlético-PR. Os duelos foram definidos em sorteio na noite de quarta-feira, na sede da Conmebol, em Assunção, no Paraguai. O confronto brasileiro é inédito na história da Libertadores. O primeiro jogo será em Curitiba e o segundo na Vila Belmiro. Já o Palmeiras terá um confronto no Equador, diante do Barcelona, que estava no mesmo grupo do Botafogo. Se passar, o Palmeiras encontra logo Atlético-PR ou Santos. O Atlético-MG jogará com o Jorge Wilstermann, da Bolívia, que estava na chave do Palmeiras. O Grêmio vai encarar o Godoy Cruz, da Argentina, que enfrentou o Atlético-MG na fase de grupo, enquanto o Botafogo terá mais um campeão pelo caminho: o Nacional, do Uruguai - que eliminou a Chapecoense na primeira fase. As partidas devem ocorrer entre 4 e 6 de julho (ida) e entre 8 e 10 de agosto (volta). Já na Copa Sul-Americana que também teve seu sorteio na quarta, definiu os confrontos da segunda fase. O Flamengo vai rever o Palestino, time que o eliminou na última edição do torneio. O Corinthians fará um inédito confronto com o Patriotas. Já o Fluminense jogará na altitude do Equador, contra o Universidad Católica. A Ponte Preta jogará contra o Sol de América, do Paraguai. A Chapecoense terá um confronto contra os argentinos do Defensa y Justicia, que eliminou o São Paulo. E o Sport jogará contra o Arsenal, da Argentina. As partidas estão previstas para ocorrer em julho e agosto, em datas que ainda vão ser definidas pela Conmebol.