Em conjunto com os presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádios, o Ministério Público prepara uma carta para a CBF recomendando a suspensão do futebol no Brasil.

Segundo o presidente da Comissão Nacional, o procurador Valberto Lira, a iniciativa foi motivada pela situação em que o Brasil atravessa na pandemia, com o crescente número de pessoas falecidas e contaminadas pela Covid-19.

“Todos os colegas que integram a comissão entendem que se não houver o acatamento dessa recomendação, serão ajuizadas ações em todos os estados. Vivemos uma situação que preocupa a todos e esses deslocamentos de equipes de um estado para outro trará mais possibilidade de contágio”, disse.

A discussão para paralisação do esporte no país cresceu após a declaração do técnico Lisca, do América-MG, antes de jogo pelo Campeonato Mineiro na noite de quarta-feira (3).

“Eu faço um apelo a CBF para dar um tempo nessa Copa do Brasil. Para que a gente adie um pouco esses jogos, né? Nós vamos jogar só no dia 18, talvez até lá. Mas, tem jogos já agora na próxima quarta-feira. E eu tenho certeza que meus colegas também estão preocupados. Eu sou pai de família, tenho duas filhas e uma esposa. Eu quero viver, gente”, declarou.

Até o momento, Santa Catarina, Paraná e Ceará já suspenderam seus Campeonatos Estaduais.