Um caso inusitado foi registrado após o jogo entre Flamengo e Juventude na última quarta-feira (20), no Mané Garrincha, pelo Campeonato Brasileiro.

Um foragido da Justiça do Distrito Federal postou uma foto nas redes sociais acompanhando a partida e acabou sendo preso em uma blitz na saída do estádio, que fica na área central de Brasília.

O torcedor flamenguista é investigado por crimes de homicídio tentado, tráfico de drogas, roubo, receptação, violência doméstica, resistência e ameaça.

Ele estava sendo monitorado desde maio por policiais penais da Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (Dpoe), que tiveram apoio dos militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope).